Jogadores do São Paulo treinam pênaltis longe da imprensa

Na surdina, longe dos olhares da imprensa, o técnico Muricy Ramalho colocou o time para treinar cobranças de pênalti, na tarde da última segunda-feira, no CCT - somente o treino da manhã havia sido divulgado e liberado para os jornalistas. Muricy justificou o ?drible? nos repórteres: ?Não queria que a imprensa divulgasse os batedores e os cantos onde eles mandam a bola.?A decisão será nos penais caso o São Paulo vença por 1 a 0 no tempo normal. Capitão da equipe, Rogério Ceni é nome certo para os pênaltis. O goleiro já participou de seis disputas por penais e nunca desperdiçou uma cobrança. Nas oitavas-de-final de 2004, contra o Rosario, Ceni defendeu dois chutes e converteu o seu. ?Aquele foi meu jogo mais emocionante pelo São Paulo?, diz Ceni.Ricardo Oliveira, Danilo e Souza são outros possíveis cobradores.Dúvida no time está mantidaA maior dúvida do técnico Muricy Ramalho para confirmar o time do São Paulo está na ala esquerda. Com o tornozelo esquerdo dolorido, Júnior ficou fora dos últimos treinos e ainda não sabe se terá condições de jogo. Se não puder jogar, o técnico tem duas opções: Richarlyson, o substituto natural, ou Leandro, que jogaria improvisado no setor, pela primeira vez na carreira.Muricy disse nesta quarta que tem amadurecido essa idéia. ?O Leandro tem facilidade de jogar pelos cantos. Não tem problema se é destro?, afirmou o técnico. Ele não quis divulgar a escalação, nem mesmo o esquema, mas o mais provável é que mantenha o 3-5-2. Com Lugano e André Dias suspensos, Edcarlos e Alex formarão a zaga com Fabão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.