Carlos Gregório Jr/Vasco
Carlos Gregório Jr/Vasco

Jogadores do Vasco encaram duelo contra Sport como decisivo contra o rebaixamento

Cruzmaltino está três pontos acima do Z-4 e com sete de vantagem para o time pernambucano, vice-lanterna

Estadão Conteúdo

18 Outubro 2018 | 15h14

O Vasco realizou nesta quinta-feira o seu último treinamento no Rio de Janeiro antes da viagem ao Recife, onde neste sábado enfrentará o Sport, no estádio da Ilha do Retiro, pela 30.ª rodada do Campeonato Brasileiro, em confronto direto na briga contra o rebaixamento. Por isso, todos no clube consideram este duelo como uma verdadeira decisão.

"Estamos encarando esse jogo com uma decisão. Vamos enfrentar mais um adversário direto, que está numa situação delicada. Essa partida também será uma final para eles, então será jogo difícil. Apesar disso, estamos otimistas, principalmente pelo que apresentamos no último jogo diante de um rival qualificado. Estamos muito confiantes na busca pelos três pontos. Queremos vencer para nos livrar de vez do rebaixamento e começar a pensar em outras coisas dentro da competição", declarou Yago Pikachu.

Com 34 pontos, o Vasco está na 14.ª colocação na tabela de classificação do Brasileirão. Tem três pontos a mais que o Ceará, o primeiro dentro da zona de rebaixamento, que tem um jogo a menos. O Sport amarga a 19.ª e penúltima posição com 27 pontos.

Um dos motivos para o Vasco estar nesta situação é o péssimo aproveitamento em jogos fora de casa. Neste Brasileirão, não venceu uma partida sequer até agora como visitante - são sete empates e sete derrotas. Yago Pikachu espera que a primeira vitória venha no Recife para dar mais tranquilidade ao grupo.

"Realmente é complicado jogar um Campeonato Brasileiro, que possui 38 rodadas, com 19 jogos fora de casa, e não conseguir nenhuma vitória. Estamos procurando conseguir uma vitória porque é importante. Não adianta vencer apenas em casa. Pontuar fora de casa é fundamental para você brigar por algo grande dentro da competição. Nesses jogos temos que estar atentos, ter muito cuidado, pois detalhes decidem o vencedor", completou.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.