Jean-Paul Pelissier / Reuters
Jean-Paul Pelissier / Reuters

Jogadores estrangeiros poderão voltar à França 'sem problemas'

Atletas como Neyma, Thiago Silva, Cavani e Keylor Navas e outros não precisarão passar por quarentena para voltar a treinar

AFP, AFP

21 de abril de 2020 | 07h00

Jogadores de futebol que passaram parte do período de confinamento no exterior, como o brasileiro Neymar, poderão voltar à França 'sem problemas' ou sem a necessidade de passar por quarentena para voltar a treinar, afirmou o ministério do Interior.

Tanto residentes da França quanto detentores de uma autorização de residência ou de um visto de longa duração, "não há problema para eles retornarem ao território, independentemente de sua nacionalidade", afirmou o ministério.

A questão surgiu depois que o presidente francês Emmanuel Macron anunciou na semana passada que as fronteiras com países não europeus permaneceriam 'fechadas até nova ordem' por conta do coronavírus.

Neymar e Thiago Silva no Brasil, Edinson Cavani no Uruguai e Keylor Navas na Costa Rica são vários os astros do PSG que haviam sido afetados pela medida, assim como os brasileiros Thiago Mendes e Dante, de Lyon e Nice, respectivamente.

Vários jogadores decidiram retornar aos seus países enquanto a França passava por um período de confinamento, a partir de 17 de março, para combater a propagação do coronavírus. O levantamento progressivo do confinamento a partir de 11 de maio abre a possibilidade de retornar ao treinamento e retomar a competição em junho.

Com as portas abertas, os jogadores estrangeiros terão que encontrar um meio de voltar à França, em um contexto mundial muito difícil, com o espaço aéreo praticamente inativo. Uma opção poderia ser a organização de um voo privado, que Navas já escolheu para retornar à Costa Rica, segundo a rede de televisão ESPN.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.