Ricardo Duarte / S. C. Internacional
Ricardo Duarte / S. C. Internacional

Jogadores isentam o volante Musto pela eliminação do Internacional no Gauchão

Atuando com dez durante todo o segundo tempo, time colorado foi derrotado pelo Grêmio por 1 a 0

Redação, Estadão Conteúdo

15 de fevereiro de 2020 | 21h06

A derrota do Internacional no Gre-Nal, por 1 a 0, nesta tarde no Beira-Rio, acabou sendo sentida pelos jogadores, que não escondiam a decepção ainda dentro de campo. Foi a primeira derrota na temporada em oito jogos e a eliminação na final do primeiro turno do Campeonato Gaúcho. Os jogadores procuraram isentar de culpa o volante Musto, expulso no final do primeiro tempo.

"Não vamos culpar o Musto pela derrota e eliminação. Temos que levantar a cabeça e seguir à frente, porque mesmo com um jogador a menos nós fizemos um bom segundo tempo. Além disso, levamos um gol no final, por vacilo. O jogo, naquela altura, iria terminar empatado e a vaga seria decidida nos pênaltis. O Diego apareceu sozinho e cabeceou bem", explicou o lateral-esquerdo Moisés.

Musto recebeu o cartão vermelho, aos 46 minutos do primeiro tempo, quando segurou pela camisa Diego Souza que saia em disparada. O volante já tinha recebido antes o cartão amarelo, portanto, foi expulso de forma acertada.

O ponto falho do Internacional parece ser evidente pelas estatísticas. Em oito partidas, o time sofreu cinco gols, todo pelo alto. É um obstáculo a ser superado nos próximos jogos. "A gente vem trabalhando bastante para acertar o posicionamento. Mas acho que o gol do Diego Souza foi mais mérito dele, porque ele apareceu atrás da defesa e cabeceou bem" explicou o goleiro Marcelo Lomba.

Eliminado do primeiro turno gaúcho, o Internacional pode se focar agora no jogo decisivo contra o Tolima, na Colômbia, na cidade de Ibaqué, na quinta-feira. É o jogo de ida pela terceira fase da Copa Libertadores. É importante fazer um placar positivo lá para depois confirmar sua vaga na fase de grupos em casa, no Beira-Rio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.