Jogadores pendurados preocupam Botafogo na reta final

A derrota no clássico para o Flamengo deixou o Botafogo na 18.ª colocação do Campeonato Brasileiro, na zona de rebaixamento, a sete rodadas do término da competição. A necessidade de uma sequência de bons resultados na reta final é vista como obrigação pelo time, embora uma dificuldade extra necessita ser enfrentada: o excesso de jogadores pendurados.

AE, Agencia Estado

26 de outubro de 2009 | 16h48

São nada menos do que 11 jogadores com dois cartões amarelos, que podem desfalcar a equipe se forem advertidos nas próximas partidas: Alessandro, Juninho, Diego, Léo Silva, Jobson, Reinaldo, Castillo, Thiaguinho, Gabriel, Jônatas e Renato.

Para o decisivo confronto na quarta-feira contra o Náutico, equipe com os mesmos 32 pontos e uma posição acima na tabela, o Botafogo não contará com o meia Lúcio Flávio, suspenso com o terceiro cartão amarelo.

Depois de enfrentar o Náutico no Engenhão, o Botafogo faz difícil duelo contra o Internacional no Beira-Rio. Na sequência, recebe o Coritiba e enfrenta o Barueri fora de casa.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.