Jogadores torcem para Zé Augusto se manter como técnico

O atacante Finazzi e o goleiro Felipe apoiam técnico interino e torcem por sua manutenção no cargo

Vitor Marques, do Jornal da Tarde

28 de agosto de 2007 | 12h32

Após o treino da manhã desta terça-feira, os jogadores do Corinthians apoiaram a manutenção do técnico interino Zé Augusto para o cargo de novo treinador da equipe. "Eu torço para que ele fique. Ele é uma pessoa que conversa bastante e nos dá muita liberdade. Tomara que ele permaneça no cargo", afirma o atacante Finazzi, mais um a fazer coro no pedido.Veja também: Clássico contra o Santos será fundamental para permanência do técnico   "O futebol, é resultado, e se os bons resultados vierem, não tem porque ele [Zé Augusto] sair", ressalta o goleiro Felipe, que trabalhou com o técnico no juvenil do Vitória-BA. "A diretoria quer alguém de impacto para técnico, mas ele vem fazendo um bom trabalho na base e nós vamos ajudá-lo", acrescenta.Sobre a possibilidade do gaúcho Tite assumir o comando do Corinthians, Finazzi foi evasivo: "Nunca trabalhei com o Tite, não posso falar sobre ele, conheço apenas o trabalho dele pela imprensa."Derrota para o campeãoFinazzi justificou a derrota para o Cruzeiro, no sábado, como conseqüência da força do time mineiro, que, para ele, é quem ficará com o título do Brasileirão. "Nós perdemos para o campeão brasileiro. O São Paulo está seis pontos à frente, mas se o Cruzeiro repetir pelo menos um pouco do que fizeram contra a nossa equipe, eles serão os campeões deste ano", diz, sem querer provocar o São Paulo, líder do campeonato. 4-4-2 volta contra o Atlético-MG   Com a saída de Ricardinho e Betão, suspensos por terceiro cartão amarelo contra o Cruzeiro, no último sábado. Zé augusto deixa de lado o esquema com três zagueiros implementado por Paulo Cezar Carpegiani e volta ao tradicional 4-4-2, nesta quarta-feira, contra o Atlético-MG, às 21h45, no Mineirão. Aliás, o primeiro reencontro da equipe com Leão, que comandou o grupo de jogadores no início de 2007.   Com isso, Gustavo Néri volta à lateral esquerda e Bruno Bonfim ganha uma chance no meio-campo. Além disso, a dupla de ataque que começou o Brasileirão deste ao também volta: Éverton Santos e Finazzi.   O clube ainda aguarda a inscrição do meia Ailton - brasileiro que veio do futebol mexicano - na CBF, o que pode acontecer até o final desta terça. Mas mesmo assim o jogador não foi relacionado por Zé Augusto para a partida desta quarta.   Contra o Atlético-MG o Corinthians deve entrar em campo com: Felipe; Edson, Zelão, Fábio Ferreira e Gustavo Nery; Bruno Octávio, Moradei, Vampeta, Bruno Bonfim; Éverton Santos e Finazzi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.