Kyodo News/AP
Kyodo News/AP

Jogar no futebol japonês me ajudará na Copa do Mundo, diz Forlán

Uruguaio é saudado por milhares de torcedores no estádio do Cerezo Osaka

Agência Estado

12 de fevereiro de 2014 | 11h13

OSAKA - O atacante uruguaio Diego Forlán afirmou nesta quarta-feira que não hesitou ao tomar a decisão de trocar o Internacional pelo Gamba Osaka, se tornando o principal jogador a atuar no futebol japonês nos últimos anos. E ele declarou, durante a sua apresentação oficial, que jogar no Japão pode ser uma boa preparação para a Copa do Mundo do Brasil.

"Eu não estou preocupado com isso", disse Forlán. "O nível do futebol aqui é muito elevado, tanto em termos técnicos como físicos, então acho que isso vai ser uma boa preparação para a Copa do Mundo", completou o atacante uruguaio, eleito o melhor jogador do Mundial de 2010.

Com passagens por grandes clubes do futebol europeu, como Manchester United, Inter de Milão e Atlético de Madrid, Forlán, de 34 anos, foi saudado por milhares de torcedores no estádio do Cerezo Osaka nesta quarta-feira. O uruguaio garantiu que nunca havia vivido situação parecida.

"Eu nunca recebi essa recepção", disse Forlán. "Esta é a minha terceira vez no Japão e fico sempre impressionado com o nível de respeito das pessoas daqui", completou o uruguaio, que tentará conduzir o Gamba Osaka ao título nacional após ficar em quarto lugar no Campeonato Japonês na temporada passada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.