Jogo contra Flu marca reencontro para técnico da Ponte

O duelo entre Ponte Preta e Fluminense marcado para este domingo, às 18h30, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, válido pela 11.ª rodada do Campeonato Brasileiro, terá um sabor especial para os treinadores dos dois clubes. Isso porque Gilson Kleina iniciou a sua carreira como auxiliar-técnico de Abel Braga, a quem não cansa de rasgar elogios.

AE, Agência Estado

22 de julho de 2012 | 08h42

Amizade à parte, os dois entram em campo pensando apenas na vitória. O time campineiro tem 15 pontos e busca a reabilitação depois de perder para o Náutico por 3 a 0, no Recife. A seu favor está o retrospecto favorável em casa, com três vitórias, um empate e uma derrota.

Gilson Kleina iniciou a carreira como auxiliar-técnico de Abel Braga no Coritiba, em 1998. Os dois ficaram juntos por cinco temporadas, passando por Olympique de Marselha (França), Botafogo e Atlético Mineiro. Em 2003, Kleina recebeu uma proposta do Iraty-PR e resolveu seguir a carreira solo.

"O Abel é uma referência para mim e não só como profissional, mas como homem. Aprendi com ele como é ser um líder. Esse momento que ele passa na carreira e o que está conquistando não é surpresa para mim. Se foi alguém que me ajudou, que me deu respaldo foi esse cara. Fico grato e muito feliz pelo sucesso que ele faz", comentou Gilson Kleina.

Apesar de todo o carinho que tem com o "chefe", o treinador pontepretano não aceita outro resultado que não seja a vitória neste domingo. No entanto, além de enfrentar um dos melhores times do Brasileirão, Gilson Kleina terá que passar por cima de inúmeros desfalques. A única notícia boa é a volta do lateral-direito Cicinho, totalmente recuperado de uma lesão no joelho, na vaga de Gerônimo.

Na zaga, Tiago Alves cumpre suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo e dá lugar para Gustavo, que será o novo companheiro de Ferron. Devido à viagem desgastante para Pernambuco, o lateral-esquerdo João Paulo, o volante Renê Júnior e o atacante André Luiz passaram a ser dúvidas e dificilmente irão para o confronto, sendo substituídos por Uendel, Somália e Caio, respectivamente.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.