Nilton Fukuda/Estadão
Nilton Fukuda/Estadão

Jogo contra Ponte Preta definirá planejamento, diz Gilson Kleina

Para o técnico do Palmeiras, o jogo contra o time de Campinas tem muita importância para a sequência da temporada

Daniel Batista, O Estado de S. Paulo

14 de março de 2014 | 13h21

SÃO PAULO - O Palmeiras enfrenta a Ponte Preta, sábado, às 16h, no Pacaembu, e depois começa uma sequência de jogos decisivos tanto no Campeonato Paulista como na Copa do Brasil. Mas para o técnico Gilson Kleina, o jogo contra o time de Campinas tem muita importância para a sequência da temporada.

"Quando fomos enfrentar o Paulista (na última rodada) também fomos para vencer e contra a Ponte não será diferente. Sábado será uma dificuldade maior. O planejamento que fizemos é que, se vencermos este jogo, a partida contra o Santos se tornará um campeonato à parte. Esse jogo é importante para poder decidir a briga na liderança geral. Vencendo, continuamos na briga", disse o treinador.

Palmeiras e Santos estão com 32 pontos e o time da Baixada Santista leva vantagem no saldo de gols. Quem acabar como líder geral poderá decidir as quartas de final e a semifinal em casa. E, na decisão, fará o segundo jogo em casa.

O treinador aproveita o fato de a partida deste sábado ser no Pacaembu e convoca a torcida. "A gente pede a presença da torcida, como sempre acontece, pois é uma forma extra para que possamos ser mais competentes", pediu o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasKleina

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.