Marcos de Paula/Estadão
Marcos de Paula/Estadão

Jogo das Estrelas do Zico já tem mais de 40 mil ingressos vendidos

No sábado, o Maracanã irá receber mais um amistoso beneficente, realizado todo ano pelo craque; nomes de peso estão confirmados

Estadão Conteúdo

26 de dezembro de 2014 | 16h38

O Maracanã promete estar lotado para mais uma festa comandada por Zico neste fim de ano. No sábado, o principal estádio do País irá receber mais um amistoso beneficente, o Jogo das Estrelas, realizado todo ano pelo ex-meia do Flamengo, e a casa estará cheia. Até esta sexta-feira, mais de 40 mil ingressos já haviam sido vendidos.

Como sempre, a partida contará com nomes de peso do futebol nacional. Já estão confirmados, além do próprio Zico, Robinho, Deco, Edmundo, Emerson Sheik, Juninho Pernambucano, Carlos Germano, Wallace, Júnior, Tita, Sávio, Renato Gaúcho, Lucas Silva, Falcão (futsal), Leonardo, Vampeta, Serginho (ex-Milan), Roger, Zinho, entre outros.

Mas a festa de 2014 terá uma novidade especial. Ela homenageará alguns dos estrangeiros que marcaram seus nomes atuando no Brasil. Atuarão no Maracanã: Seedorf, Petkovic, Rodolfo Rodriguez, "Gato" Fernández, Dario Pereyra, Hugo de León, Romerito, Asprilla, Rivarola, Sérgio Ramirez, Etcheverry, Aristizábal e "El Tigre" Ramirez.

"É sempre bom estar em eventos desta natureza. E não posso deixar de participar justamente do jogo que organizo. Neste ano, tivemos a brilhante ideia de homenagear jogadores estrangeiros que passaram por aqui. Além do lado beneficente, sempre marcante, que isso possa ficar na história do novo Maracanã. Será muito legal. Estou feliz por todos terem aceitado esse desafio. Todo ano temos muita gente boa para presentear o público. Não será diferente nessa edição", comentou Zico.

Quem quiser acompanhar o amistoso ainda pode adquirir seu ingresso. A venda segue aberta no Maracanã, com cada bilhete custando R$ 20, e ficará assim até a hora do jogo. Pelo site www.maracana.com, a comercialização se encerra à meia-noite desta sexta-feira. Vale lembrar que o valor arrecadado será revertido para instituições de caridade.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.