Jogo do Brasil na Copa pode ter sido manipulado, diz revista

De acordo com publicação da Alemanha, partida entre seleção brasileira e Gana pode ter sofrido manipulação

EFE,

30 de agosto de 2008 | 12h24

A revista alemã Der Spiegel levantou neste sábado suspeitas sobre uma possível manipulação do resultado na partida entre Brasil e Gana, válida pelas oitavas-de-final da Copa do Mundo da Alemanha de 2006.Veja também: Torcedores compram ingressos para partida do BrasilNa publicação, o jornalista canadense Declan Hill, que investiga o assunto em um livro sobre o tema, sustenta que um grupo de asiáticos apostou que, nesta partida, o Brasil venceria por pelo menos dois gols de diferença. No fim, o placar foi de 3 a 0 para a seleção brasileira.A revista diz que Hill investiga uma suposta ligação entre um homem de Bangcoc e os jogadores da equipe ganesa.Além disso, segundo a publicação, há possibilidade de ter havido manipulação também em jogos do Campeonato Alemão. O confronto entre o Hanover 96 e o Kauserslautern, realizado em novembro de 2005, e o duelo entre o Karlsruher SC e o Siegen, pela segunda divisão do torneio nacional, também foram citados.A revista diz que houve diversos movimentos de apostas milionárias que jogam suspeitas sobre estas partidas.No centro do assunto está um malaio identificado pela Der Spiegel como William Bee Wah Lim, que teria apostado mais de 2 milhões de euros em uma vitória do Hannover e cerca de 4 milhões de euros em um triunfo do Karlsruher SC.Nestes jogos, os resultados foram favoráveis ao suposto apostador, embora em nenhum dos casos seja possível falar em surpresa no placar.Bee Wah Leim já foi condenado uma vez pela Justiça alemã por manipulação de jogos na terceira divisão da Alemanha.A Federação Alemã de Futebol (DFB) e a Liga Alemã de Futebol (DFL) anunciaram que vão investigar as suspeitas levantadas pelas informações da Der Spiegel.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.