EFE/ Manuel Bruque
EFE/ Manuel Bruque

Jogo do Espanhol tem três expulsões e virada aos 48 com gol irregular

Levante, 18º, e Granada, 19º na tabela, fazem jogo emociante em Valencia; três jogadores são expulsões em menos de 10 minutos

Estadão Conteúdo

23 de fevereiro de 2015 | 20h13

A última partida da 24.ª rodada do Campeonato Espanhol, nesta segunda-feira, tinha tudo para passar desapercebida, uma vez que reunia dois dos três piores times da competição. O jogo, porém, foi um dos mais emocionantes da temporada. Teve três expulsões e uma virada espetacular com gol irregular aos 48 minutos do segundo tempo. Melhor para Levante, que venceu o Granada por 2 a 1 em Valência.

Os visitante saíram na frente, com El-Arabi, de pênalti, aos 13 minutos do primeiro tempo, e mantiveram a vantagem até quase o fim do jogo. As coisas começaram a mudar quando Adrián Colunga passou uma rasteira em David Barral, depois de chegar atrasado no lance, e levou o vermelho direto, deixando o Granada com um a menos, aos 27 do segundo tempo.

Sete minutos depois, El-Arabi e Ramis foram expulsos, desfalcando os dois times. O empate veio aos 43, com Víctor Camarasa, num chute de fora da área. Já a virada foi irregular. David Barral recebeu em clara posição de impedimento e bateu na saída do goleiro, aos 48.

Apesar da vitória, o Levante continua na zona de rebaixamento do Campeonato Espanhol, com 22 pontos, seguido exatamente pelo Granada, que tem 19. O lanterna é o Córdoba, com 18. O Elche (23) é o primeiro fora da zona de degola.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.