Jogo do Vasco fica para segunda-feira

Depois dos protestos do presidente do Flamengo, Edmundo Santos Silva, e do Fluminense, David Fischel, a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (Fferj) remarcou a partida do Vasco contra o Friburguense, pela terceira rodada do returno do Campeonato Carioca. Previsto para domingo, o confronto será realizado na segunda-feira, às 16 horas, em Friburgo.Apesar da nova data, o Vasco estuda a possibilidade de entrar com um pedido de liberação dos atacantes Romário e Euller, além do meia Juninho Paulista , que devem se apresentar domingo ao técnico da seleção brasileira, Emerson Leão, para a partida contra o Equador, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo de 2002. Segundo o vice-presidente Jurídico do clube, Paulo Reis, a decisão final competirá ao presidente Eurico Miranda.Mesmo com a polêmica, o artilheiro Romário comemorou o adiamento da partida e considerou que seria injusto sua realização no domingo, por causa do cansaço dos jogadores vascaínos. Além dele, o atacante Euller e o meia Juninho Paulista já retornaram ao Brasil, após jogo na Venezuela, contra o Deportivo Táchira, pela Copa Libertadores da América. Por causa de compromissos particulares, o meia Jorginho e o atacante Viola também anteciparam a volta.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.