Jogos no estádio de Gelsenkirchen terão teto fechado

A Fifa anunciou nesta quarta-feira que o teto retrátil do estádio de Gelsenkirchen será fechado durante os três próximos jogos do Mundial que ali serão realizados. A intenção é melhorar a qualidade das transmissões pela televisão."Vimos, no jogo entre Coréia do Sul e Togo, realizado em Frankfurt, que a decisão de fechar o teto do estádio foi acertada", afirmou o porta-voz da Fifa, Markus Siegler. "Assim, decidimos fazer o mesmo com o Veltins-Arena, em Gelsenkirchen".A partida em que a Coréia do Sul venceu Togo por 2 a 1, nesta terça, foi a primeira realizada com teto coberto nesta Copa. "Para os jogadores, em termos de calor as condições não ficaram piores, ao passo que milhões de telespectadores puderam acompanhar melhor o jogo", ressaltou Siegler.Para a sede de Gelsenkirchen ainda estão previstos três jogos: Argentina contra Sérvia e Montenegro, na próxima sexta; Portugal contra México, na quarta-feira da próxima semana; e um jogo pelas quartas-de-final marcado para o dia 1.º de julho. Os estádios de Frankfurt (Waldstadion) e o de Gelsenkirchen (Veltins-Arena) são os únicos com teto retrátil das 12 sedes do Mundial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.