Ivan Storti/Santos FC
Ivan Storti/Santos FC

John e Wagner, do Santos, testam positivo para covid-19 antes do regresso ao Brasil

Atletas cumprem isolamento em hotel onde delegação ficou hospedada, em Buenos Aires, onde jogou pela Libertadores

Raul Vitor, O Estado de S.Paulo

08 de janeiro de 2021 | 15h18

O goleiro John e o zagueiro Wagner Leonardo, do Santos, testaram positivo para a covid-19 antes da volta de Buenos Aires, na Argentina, onde empataram sem gols contra o Boca Juniors, pela Copa Libertadores. Ambos foram afastados dos demais integrantes da delegação alvinegra, permanecem em isolamento no hotel na capital argentina e voltarão ao Brasil em voo que está sendo analisado pelo clube. O restante do elenco retornou a São Paulo na quinta-feira. 

O teste para a detecção da doença é uma obrigatoriedade ao deixar a Argentina. O resultado positivo surpreendeu a delegação santista, já que todos os integrantes testaram negativo ao entrar no país. John que acusa positivo, inclusive, foi titular na partida contra o Boca Juniors. Agora, o clube busca uma alternativa viável para repatriá-los. 

Assim que chegarem em São Paulo, John e Wagner devem realizar uma nova bateria de exames para confirmar se estão mesmo infectados. O teste feito na saída da Argentina faz parte do protocolo sanitário do país e nada tem a ver com as diretrizes da Conmebol. 

Enquanto não há contraprova, ambos desfalcam a equipe alvinegra para o clássico contra o São Paulo neste domingo. Se a doença for confirmada, eles também desfalcam o time comandado pelo técnico Cuca na partida de volta da Copa Libertadores. John é titular e deve ser substituído por João Paulo. Wagner é peça de reposição. 

Caso a contraprova não detecte a doença, ambos devem retornar normalmente às atividades e poderão reforçar o elenco santista tanto no clássico quanto na decisão da semifinal da Copa Libertadores. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.