Alastair Grant/AP - 19/8/2008
Alastair Grant/AP - 19/8/2008

John Terry perde faixa de capitão da seleção inglesa

Depois de se envolver em suposto caso extraconjugal, zagueiro foi punido pelo técnico Fabio Capello

AE, Agencia Estado

05 de fevereiro de 2010 | 14h54

A Associação de Futebol da Inglaterra (FA, na sigla em inglês) anunciou nesta sexta-feira, através de nota oficial, que o zagueiro John Terry perdeu a braçadeira de capitão da seleção. A decisão foi revelada após uma reunião entre o técnico Fabio Capello e o jogador do Chelsea.

Veja também:

blog BLOG BATE-PRONTO: Ô infidelidade cara

Na última semana, a imprensa inglesa revelou que Terry teve um relacionamento extraconjugal com a ex-namorada do lateral-esquerdo Wayne Bridge, do Manchester City e da seleção inglesa, o que gerou grande polêmica e protestos contra o zagueiro do Chelsea. "Depois de muito pensar, tomei a decisão que será melhor para mim tirar a condição de capitão de John Terry", afirma Capello, na nota oficial.

O treinador italiano fez questão de elogiar o desempenho de Terry no período em que foi o capitão da seleção inglesa. "Como capitão do time, John Terry teve um comportamento extremamente positivo. No entanto, tenho de ter em conta outros fatores e o que é melhor para todos da seleção da Inglaterra", disse.

A tendência é que o zagueiro Rio Ferdinand, do Manchester City, seja o escolhido para ser o capitão da Inglaterra nos próximos jogos e na Copa do Mundo. "Quando eu escolhi John Terry como capitão, eu também escolheu um vice-capitão e nomeado também uma terceira opção. Não há nenhuma razão para alterar essa decisão", completa Capello.

A Inglaterra volta a jogar no dia 3 de março, em amistoso contra o Egito, atual campeão da Copa Africana de Nações. Uma das favoritas ao título do Mundial da África do Sul, a seleção inglesa está no Grupo C, ao lado de Estados Unidos, Argélia e Eslovênia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.