Érico Leonan/São Paulo FC
Érico Leonan/São Paulo FC

Joia da base, Cipriano não se acerta com São Paulo e deve deixar o clube

Atleta de 19 anos foi promovido para o time principal em janeiro, mas retorna para a base para encerrar vínculo com o clube

Matheus Lara, O Estado de S.Paulo

26 de fevereiro de 2018 | 16h35

O atacante Marquinhos Cipriano, de 19 anos, não treina mais no CT do São Paulo na Barra Funda e volta nesta semana para o time Sub-20, em Cotia. O atleta avisou o clube que não renovará seu contrato, que vai até setembro, e retorna para a base tricolor depois de atuar menos de 30 minutos na equipe principal. A informação foi publicada pelo Uol e confirmada pelo Estado.

Bancado pela diretoria, Dorival comanda treino e segue no São Paulo

A diretoria do clube tentava manter o atacante e via com otimismo a possibilidade de renovação. Mas Cipriano negou duas propostas e, agora agenciado pelo pai, está liberado para assinar pré-contrato com qualquer outro clube a partir de março.

Promovido da base em janeiro por Dorival Junior, Cipriano foi relacionado para os primeiros dois jogos do time na temporada, contra São Bento e Novorizontino, pelo Paulistão. Atuou apenas no segundo tempo do primeiro jogo, quando substituiu Júnior Tavares.

Revelado pelo Desportivo Brasil, Cipriano foi comprado aos 16 anos, em 2015, pelo São Paulo. Em 2017, apareceu na lista das 100 maiores promessas do futebol mundial da revista inglesa "FourFourTwo". A publicação ainda listou os brasileiros Vinicius Junior (Flamengo), Matheusinho (América-MG), Matheus Fernandes (Botafogo) e Nonoca (Cruzeiro).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.