Joinville derrota o Goiás de virada em casa e deixa lanterna do Brasileirão

Campeão da Série B do ano passado, o Joinville precisou de oito rodadas para vencer a primeira neste Brasileirão. E não foi fácil. A equipe catarinense teve que virar o jogo para bater o Goiás por 2 a 1, na Arena Joinville. Os gols da equipe da casa foram marcados por Kempes. Wesley descontou para os visitantes. Com o resultado, o time goiano estacionou nos 9 pontos, enquanto o Joinville deixou a lanterna da competição nas mãos do Vasco e soma agora 4 pontos.

ALINE TORRES, ESPECIAL PARA A AE, Estadão Conteúdo

21 de junho de 2015 | 18h29

Na parte de baixo da classificação, as equipes fizeram um primeiro tempo movimentado diante de quase 10 mil torcedores. Foram 12 finalizações, sendo oito chances claras de gol. A rede balançou pela primeira vez com Wesley, aos 25 minutos de jogo. O atacante do Goiás recebeu livre de Felipe Menezes e só teve o trabalho de tocar para o gol na saída de Agenor.

A resposta do time da casa não demorou para acontecer. Após 10 minutos, Kempes, o nome do jogo, recebeu passe pela esquerda, passou fácil por Felipe Macedo e tocou por entre as pernas de Renan. Na comemoração o atacante passou as mãos pela camisa "para tirar a zica". E ela saiu dele mesmo, porque aos 45 minutos, no fim da primeira etapa, o jogador completou de cabeça a cobrança de escanteio de Marcelinho Paraíba e saiu comemorando com muita energia.

Na volta do intervalo, o Joinville ainda teve uma boa chance com Marcelinho Paraíba, que bateu falta da direita fechada e obrigou Renan a fazer difícil defesa. Na luta pela vitória, os dois times abriram as defesas e o jogo virou um festival de contra-ataques para os dois lados até o final, mas sem mudança no placar. Sobrou reclamação para o árbitro mineiro Igor Junio Benevenuto, que expulsou Diego, do Joinville, e Diogo Barbosa, do Goiás, em lances distintos.

Na próxima rodada, o Joinville vai a Belo Horizonte encarar o Atlético-MG, 4º lugar do Brasileirão. A partida será no Mineirão, às 11h do domingo. O Goiás recebe no Serra Dourada o Fluminense, em jogo marcado para às 16h, também no domingo.

FICHA TÉCNICA

JOINVILLE 2 X 1 GOIÁS

JOINVILLE - Agenor; Mário Sérgio, Douglas Silva, Guti, Diego; Anselmo, Augusto César (Dankler), Lucas Crispim (William Popp), Marcelinho Paraíba, Tiago Luís (Naldo) e Kempes. Técnico: Adilson Batista.

GOIÁS - Renan; Clayton Sales (Lucas Coelho), Felipe Macedo, Fred, Rafael Forster (Robert); Rodrigo, Patrick (William Kozlowski), Diogo Barbosa, Felipe Menezes; Bruno Henrique e Wesley. Técnico: Hélio dos Anjos.

GOLS - Wesley, aos 25, e Kempes, aos 34 e aos 45 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Augusto César, Anselmo, Mário Sérgio, Naldo (Joinville); Clayton Sales, Patrick, Diogo Barbosa, Felipe Menezes (Goiás).

CARTÕES VERMELHOS - Diego (Joinville); Diogo Barbosa (Goiás).

ARBITRAGEM - Igor Junio Benevenuto (MG).

PÚBLICO - 9.049 pessoas.

RENDA - R$ 113.970,00.

LOCAL - Arena Joinville, em Joinville (SC).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoJoinvilleGoiás

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.