Divulgação
Divulgação

Joinville faz 3 a 0 no Cruzeiro e reage na tabela do Brasileirão

O veterano Marcelinho Paraíba foi o grande destaque da partida

ALINE TORRES, Estadão Conteúdo

13 Agosto 2015 | 23h24

O Joinville se afastou da lanterna do Brasileirão na noite desta quinta-feira, ao surpreender o Cruzeiro com uma boa vitória, por 3 a 0, na Arena Joinville. A equipe da casa dominou os mineiros durante todo o jogo e foi feliz em três lances de bola parada. Com a derrota, o time visitante caiu para o 14º, com 21 pontos. Já os catarinenses chegaram aos 16, agora na 17ª colocação, ainda dentro da zona de rebaixamento.

Empurrado pela torcida, o Joinville impôs pressão sobre a equipe do Cruzeiro desde o primeiro minuto. Os catarinenses tiveram três boas chances até os 13 minutos, quando Marcelinho Paraíba balançou as redes. O quarentão, ex-São Paulo, bateu falta certeira e não deu chances para defesa de Fábio.

E foi do experiente jogador a assistência para o segundo gol do time da casa, aos 26 minutos. Da esquerda partiu o cruzamento em curva, certeiro, na cabeça do zagueiro Bruno Aguiar, que finalizou no canto. No primeiro tempo ainda teve um gol anulado dos anfitriões - Edigar Junio estava impedido.

Logo na volta do intervalo, o técnico Vanderlei Luxemburgo promoveu três alterações. O Joinville não tirou o pé do acelerador. Em 10 minutos, Fábio teve que fazer uma defesa difícil e o lateral Fabrício quase fez contra. Tamanha desorganização só podia resultar em mais um gol do time da casa. Trípodi, que veio do banco, finalizou de cabeça a cobrança de escanteio e finalizou a conta.

Joinville e Cruzeiro voltam a campo no domingo para enfrentar rivais do Rio Grande do Sul. O time mineiro vai receber o Inter no Mineirão, às 16 horas. E a equipe catarinense vai à Porto Alegre para encarar o embalado Grêmio, às 18h30.

FICHA TÉCNICA:

JOINVILLE 3 x 0 CRUZEIRO

JOINVILLE - Agenor; Mário Sérgio, Bruno Aguiar, Guti, Diego; Naldo (Luiz Mendes), Anselmo, Kadu, William Popp (Marion), Marcelinho Paraíba (Trípodi); Edigar Junio. Técnico: PC Gusmão.

CRUZEIRO - Fábio; Manoel, Paulo André, Fabrício; Willians, Henrique, Charles (Arrascaeta), Alisson, Marinho (Willian); Vinícius Araújo (Leandro Damião). Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

GOLS - Marcelinho Paraíba, aos 13, Bruno Aguiar, aos 26 minutos do primeiro tempo. Trípodi, aos 26 minutos do segundo tempo.

CARTÕES AMARELOS - Kadu, Charles, Willian.

ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (RS).

RENDA - R$ 158.095,00.

PÚBLICO - 10.498 pagantes.

LOCAL - Arena Joinville, em Joinville (SC).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.