Divulgação<br>
Divulgação

Joinville supera o Ceará e assume a segunda posição na Série B

Em disputa direta pelas primeiras colocações, equipe catarinense leva a melhor e sobe para 54 pontos, três atrás da Ponte Preta

Estadão Conteúdo

18 de outubro de 2014 | 18h16

Na briga direta por uma vaga dentro do G-4, grupo de times que garantem o acesso para a elite do futebol brasileiro, o Joinville levou a melhor sobre o Ceará, vencendo por 3 a 0, na tarde deste sábado, na Arena Joinville, em partida válida pela 30.ª rodada da Série B.

A justa vitória levou o time catarinense a ascender duas posições, chegando à vice-liderança, com 54 pontos, igual ao Vasco em pontos, mas com vantagem no número de vitórias: 16 a 14. Está ainda dois pontos na frente do Avaí, seu rival, com 52, e quatro na frente do Ceará, ainda em quinto lugar, com 50 pontos.

Não deu tempo nem de respirar e o Joinville abriu o placar logo no primeiro minuto de jogo. Anselmo deu um estouro na defesa e a bola caiu na frente de Edigar Junio que saiu em disparada, entrou na grande área e bateu cruzado para fazer 1 a 0. Era mesmo a tarde de Edigar que aproveitava bem os avanças do lateral-esquerdo Vicente para criar jogadas pelo setor direito de ataque.

Aos 24 minutos, saiu o segundo gol por ali, porque Sérgio Soares demorou para acertar a marcação cearense. Everton lançou Edigar Junior pela direita, ele puxou para o fundo e cruzou. Do outro lado, Marcelo Costa chutou em direção ao gol. João Marcos, quase em cima da linha, tentou salvar mas chutou a bola no corpo de Fernando Viana.

Em seguida, Sérgio Soares sacrificou João Marcos para a entrada de Eduardo. E na única chegada do visitante no ataque, Lulinha chutou de fora da área e a bola passou perto da trave esquerda do goleiro Oliveira.

No segundo tempo esperava-se uma reação do Ceará, mas o time estava sem forças para buscar o ataque. O Joinville esperou o momento certo para matar o jogo, o que aconteceu aos 32 minutos. Vicente, sem necessidade, mandou a bola para escanteio. Na cobrança com efeito de Marcelo Costa, no primeiro pau Edigar Junio desviou de cabeça e a bola sobrou na pequena área para o toque de leve do lateral Rogério. Nos acréscimos Nikão recebeu cartão amarelo por reclamação com a arbitragem, continuou reclamando e foi expulso.

Na terça-feira acontece a 31.ª rodada da Série B. O Joinville atuará de novo em casa, desta vez diante do ABC, às 21h50, sem Gutti e Eduardo Ratinho, suspensos com três cartões amarelos. O Ceará jogará novamente longe de sua torcida, contra o Icasa, em Juazeiro do Norte (CE), às 19h30.

FICHA TÉCNICA

JOINVILLE 3 X 0 CEARÁ

JOINVILLE - Oliveira; Edson Ratinho, Gutti, Bruno Aguiar e Rogério; Anselmo, Fillipe Soutto, Everton (Franco) e Marcelo Costa; Edigar Junio (Fabinho) e Fernando Viana (Bruno Costa). Técnico: Hemerson Maria.

CEARÁ - Luis Carlos; Samuel Xavier, Wellington Carvalho, Sandro e Vicente; João Marcos (Eduardo), Ricardinho, Michel (Amaral) e Lulinha; Bill (Nikão) e Magno Alves. Técnico: Sérgio Soares.

GOLS - Edgard Junio, a 1, e Fernando Viana, aos 24 minutos do primeiro tempo. Rogério, aos 32 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Igor Junio Benevenuto (MG).

CARTÕES AMARELOS - Edson Ratinho, Anselmo, Everton, Gutti e Fernando Viana (Joinville); Leandro Brasília (banco), Ricardinho, Bill, Sandro, Nikão e Amaral (Ceará).

CARTÃO VERMELHO - Nikão (Ceará).

RENDA - R$ 214.160,00.

PÚBLICO - 14.488 pagantes.

LOCAL - Arena Joinville, em Joinville (SC)

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BJoinvilleCeará

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.