Joinville tenta quebrar tabu em Marília

O Joinville se submete amanhã, a partir das 20h30, no interior paulista, a um novo round para tentar fugir da ameaça do rebaixamento no Campeonato Brasileiro da Série B. Na 21ª colocação na tabela de classificação com 18 pontos e precisando somar pelo menos mais nove, dos 15 pontos em disputa até a conclusão da primeira fase para se manter na competição em 2005, a equipe catarinense joga diante do Marília (13º com 24 pontos) tentando quebrar, também, um tabu que a persegue praticamente há um ano: deste setembro do ano passado não vence fora de seus domínios. O time entra em campo motivado pela boa apresentação que resultou em goleada de quatro a zero, aplicada ao Ceará na semana passada. Desde quarta-feira no interior paulista, o Joinville, que é comandado pelo técnico catarinense Luiz Carlos Cruz, não poderá contar com o experiente lateral-direito Zé Carlos, suspenso, e seu substituto será Paulo Sales. O zagueiro William, com problemas no púbis e o volante Cleber Orleans, com dores musculares não acompanharam a delegação e serão substituídos por André Luiz e Marcelo Mendes, respectivamente.

Agencia Estado,

26 Agosto 2004 | 18h47

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.