Mario Cruz/EFE
Mario Cruz/EFE

Jonas se despede com homenagens e derrota em amistoso do Benfica

Atacante de 35 anos encerrou sua carreira nesta quarta-feira, diante do Anderlecht

Redação, Estadão Conteúdo

10 de julho de 2019 | 22h35

Um dia após anunciar a sua aposentadoria do futebol, o atacante Jonas, de 35 anos, deixou os gramados ao participar, nesta quarta-feira, da derrota do Benfica por 2 a 1 para o Anderlecht, no Estádio da Luz, no primeiro compromisso do time português em sua pré-temporada.

Jonas deixou o futebol aos dez minutos do primeiro tempo do amistoso, quando Tiago Dantas entrou no seu lugar, em substituição realizada pelo técnico Bruno Lage, que fez a sua estreia no comando do time.

O atacante foi ovacionado pelos torcedores presentes ao Estádio da Luz, mas o Benfica deixou o campo derrotado. O Anderlecht abriu 2 a 0 no primeiro tempo, com os gols marcados por Vlap, aos 34, e Thelin, aos 40 minutos. E Chiquinho diminuiu aos 24 minutos da etapa final.

Jonas defendeu o Benfica por cinco temporadas, com 137 gols em 183 jogos oficiais pelo time de português, o que deu a ele a marca de segundo maior artilheiro estrangeiro do clube, atrás apenas do paraguaio Óscar Cardozo. O seu contrato com o time tinha validade até junho de 2020, mas ele vinha sofrendo com dores nas costas na última temporada.

O problema na região lombar fez o jogador brasileiro perder o protagonismo na temporada passada, em que participou de 31 jogos, sendo boa parte deles saindo do banco de reservas, e balançou as redes 15 vezes. A perda de protagonismo do atacante coincidiu com o sucesso do jovem João Félix, já negociado com o Atlético de Madrid.

Revelado nas categorias de base do Guarani, Jonas também alcançou destaque no Grêmio, segundo time pelo qual mais marcou gols na carreira. Foram 72 em 131 jogos. O atacante também passou por Santos, Portuguesa e vestiu a camisa da seleção brasileira em 12 oportunidades, marcando três gols. Fora do País, além do Benfica, defendeu o Valencia, da Espanha, o penúltimo clube de sua carreira.

Na galeria de troféus de Jonas estão os do Campeonato Português nas temporadas 2014/2015, 2015/2016, 2016/2017 e 2018/2019, a Copa de Portugal (2016/2017), a Copa da Liga Portuguesa (2014/2015 e 2015/2016), o Campeonato Paulista (2006 e 2007) e o Gaúcho (2007 e 2010). Ele encerra a carreira com 300 gols em 575 jogos disputados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.