Ivan Alvarado/Reuters
Ivan Alvarado/Reuters

Jordi Alba exalta solidez defensiva da seleção espanhola

Equipe sofreu apenas um gol nos três primeiros jogos da Copa das Confederações

FERNANDO FARO E PAULO FAVERO, Agência Estado

25 de junho de 2013 | 13h33

FORTALEZA - Se o ditado futebolístico que diz que a melhor defesa é o ataque tem uma equipe que o representa, pode-se dizer que é a Espanha. Dona do melhor ataque da Copa das Confederações (15 gols em três jogos), a seleção espanhola mostra também grande solidez defensiva e foi vazada apenas uma vez.

Para o lateral-esquerdo Jordi Alba, a eficiência também na defesa é resultado não apenas do trabalho dos homens de marcação e, sim, do esforço coletivo que começa na primeira linha de ataque da seleção espanhola.

"A defesa se tornou um fator importante para nós. É um trabalho de toda a equipe, não só da defesa. Esta seleção se caracterizou por tomar poucos gols nos últimos anos e acho que isso acontece porque temos um equilíbrio entre ataque e defesa", explicou Alba, que foi eleito o melhor jogador da partida contra a Nigéria, ao marcar dois gols na vitória por 3 a 0 no último domingo.

Alba também acredita que a atual geração supercampeã do futebol espanhol será substituída à altura gradualmente na seleção. Ele cita, por exemplo, a equipe Sub-21, que acabou de conquistar a Eurocopa da categoria vencendo a Itália na final.

"Há muita gente jovem na seleção principal e as categorias de base também estão mostrando muita qualidade, basta ver a seleção Sub-21. É uma alegria estarmos bem servidos de jogadores de diversas gerações", disse Alba, titular da Espanha e do Barcelona, que tem apenas 24 anos.

A Espanha faz novo treino nesta terça-feira, a partir das 19 horas, no complexo esportivo da Universidade de Fortaleza. A atual campeã europeia e mundial enfrenta a Itália na quinta, às 16 horas, no Castelão, pela semifinal da Copa das Confederações.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.