Divulgação
Divulgação

Jorge celebra mais liberdade para atacar com Zé Ricardo no Flamengo

Lateral foi destaque da equipe nas últimas rodadas

Estadão Conteúdo

31 de maio de 2016 | 20h21

A promoção de Zé Ricardo como técnico-interino do Flamengo parece ter agradado os jogadores. Até o momento, todos que opinaram foram só elogios ao treinador, que comandava o time de juniores rubro-negro. Prata da casa, o lateral Jorge já havia trabalhado com o comandante, também exaltou seu trabalho e ainda celebrou a maior liberdade ofensiva que tem com ele.

"Quando eu estava com o Zé Ricardo na base, marquei sete gols. Fui o artilheiro do time em 2014", lembrou Jorge. O jogador também explicou que as instruções que recebe do interino são diferentes das dadas por Muricy Ramalho, que deixou o clube na semana passada por conta de problemas de saúde.

"O Muricy falava para eu só ir na boa. No primeiro treino do Zé, ele me disse para eu subir quando achasse que poderia. Eu estava bastante solto. Antes, não estava atacando por causa da função passada pelo Muricy. Agora, continuo a marcar, mas o Zé Ricardo me libera mais, e fico feliz", admitiu.

A maior liberdade de Jorge foi traduzida em gol no último domingo, quando ele selou a vitória por 2 a 1 sobre a Ponte Preta em Campinas. O jogador, agora, torce para que o Flamengo mantenha o embalo. "Espero que o Zé continue vencendo. Sobre a chegada de outro treinador, deixo para a diretoria decidir."

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoCampeonato Brasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.