Jorge Henrique contém euforia no Inter e cobra atenção

Depois de ajudar o Inter a empatar por 1 a 1 com o América-MG, no Estádio Independência, em Belo Horizonte, e garantir vaga nas oitavas de final da Copa do Brasil, Jorge Henrique conteve a euforia pela classificação e lembrou que a competição começará a ficar bem mais complicada a partir da próxima fase.

AE, Agência Estado

18 de julho de 2013 | 10h18

O próximo estágio do torneio contará com a presença dos times brasileiros que disputaram esta Copa Libertadores, exceto o São Paulo, que jogará a Copa Sul-Americana. E o atacante ressaltou que a partir de agora as equipes terão de mostrar mais força para seguirem vivas em busca do título do torneio nacional.

"Conseguimos o objetivo. A partir de agora teremos jogos difíceis. É preciso ter muita atenção, pois a competição vai começar novamente. Vamos ver quem é quem", ressaltou Jorge Henrique.

Já o meia D''Alessandro, autor do gol do Inter nesta quarta-feira, e o técnico Dunga elogiaram a postura exibida pelo time diante do América-MG, que precisava reverter a vantagem de 3 a 1 conquistada pela equipe gaúcha no confronto de ida do mata-mata.

"Fomos bem. A gente não podia se expor. Jogamos com inteligência", disse o argentino. "A equipe soube reagir quando sofreu o gol porque estava bem em campo", analisou o treinador, lembrando que o Inter saiu atrás no placar.

D''Alessandro comemorou nesta quarta-feira o seu décimo gol nesta temporada e é o segundo maior artilheiro do time no ano, ficando atrás apenas do uruguaio Forlán, que contabiliza 16 bolas na rede. Esse também foi o quarto jogo seguido em que o argentino faz gol, depois de também ter marcado nos jogos contra Vasco e Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro, e na partida de ida contra o América-MG, cobrando pênalti.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolInternacionalDAlessandro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.