Sergio Neves/AE
Sergio Neves/AE

Jorge Henrique e Danilo titulares do Corinthians contra o Vitória, domingo

Técnico Tite não mexe na equipe e só substitui dois devido à suspensão por cartões amarelos

Rafael Vergueiro, estadao.com.br

19 de novembro de 2010 | 19h00

SÃO PAULO - O Corinthians vai enfrentar o Vitória no próximo domingo, às 17 horas em Salvador, com praticamente o mesmo time que conquistou resultados positivos nas últimas rodadas do Campeonato Brasileiro. Nesta sexta-feira, o técnico Tite confirmou que não fará nenhuma mudança drástica em relação à equipe que no sábado passado bateu o Cruzeiro por 1 a 0 no Pacaembu.

Veja também:

linkPosse de bola é arma para vencer calor e o Vitória

linkVitória é o adversário mais difícil para o Corinthians até o fim

Com isso as únicas alterações devem ser as entradas de Jorge Henrique e Danilo nos lugares de Dentinho e Bruno César, suspensos pelo terceiro cartão amarelo. "Devem entrar os dois sim. Acredito que perdemos alguma coisa com as ausências, mas também ganhamos outras. O importante é manter o padrão", disse o treinador.

No treino desta sexta realizado no CT Joaquim Grava, no Parque Ecológico do Tietê, Elias, Jucilei e Ronaldo não participaram. Os volantes acabam de voltar de Doha, no Catar, onde defenderam a seleção brasileira no amistoso contra a Argentina. Já o Fenômeno foi apenas poupado, mas não é problema para o jogo. "Nesta reta final, temos que saber dosar", declarou Tite.

Pressão. O comandante corintiano não esconde ansiedade nesta reta final do Brasileirão. "Estou fervendo, a expectativa é muito grande", afirmou o treinador. O Corinthians lidera a competição e conquistará a competição, sem depender de nenhum outro resultado, se ganhar os três próximos confrontos.

No entanto, o treinador acredita que neste momento o mais importante é manter a concentração. "Temos que saber apresentar o mesmo bom futebol de todo o campeonato. Não tem fórmula mágica na hora da decisão, o bom jogador é aquele que sabe agir de forma natural nesta hora complicada".

Para Tite, os mais experientes têm a obrigação de passar tranquilidade aos novatos. Para esta missão, ele confia principalmente em Ronaldo. "Sabe tratar tudo com naturalidade, é impressionante."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.