Divulgação
Divulgação

Jorge Henrique faz estreia no Internacional contra o Vasco

Ex-corintiano assume a vaga de Leandro Damião, machucado, e jogará ao lado de Diego Forlán hoje em Caixas do Sul

O Estado de S. Paulo

07 de julho de 2013 | 08h00

CAXIAS DO SUL - O Internacional testa seu novo ataque, com Jorge Henrique no lugar de Leandro Damião, contundido, às 16h, contra o Vasco, no estádio Centenário, em Caxias do Sul. O ex-corintiano faz a sua estreia no Colorado e formará dupla com o uruguaio Forlán – Rafael Moura, que vinha sendo o substituto imediato para a posição, fica no banco.

Como também não poderá contar com o volante Ygor e o meia Otávio, contundidos, Dunga vai escalar Josimar e o lateral Fabrício, improvisado, no setor. A expectativa é que Kleber e Josimar consigam se revezar em jogadas pela esquerda e surpreender a marcação.

Em meio à crise financeira, jogadores e comissão técnica do Vasco admitem que o período de treinos nas três semanas sem jogos por causa da Copa das Confederações não foi bem aproveitado. Assim, o técnico Paulo Autuori reconhece que o time terá de se superar hoje. “Ninguém pode estar satisfeito, mas só tenho a agradecer aos jogadores pela maneira como têm se dedicado aos treinos em meio a problemas que são históricos no clube”, disse.

O Vasco contratou três jogadores, mas só um tem condição de jogo: o zagueiro Rafael Vaz. O meia Montoya e o atacante Reginaldo ainda não foram regularizados. Por outro lado, o atacante André vai poder estrear pela equipe no Brasileirão. O jogador tenta dar a volta por cima após passagens sem destaque por Atlético-MG e Santos. O meia Carlos Alberto, absolvido no julgamento em segunda instância pela acusação de doping, não foi relacionado. Paulo Autuori preferiu poupá-lo.

RESERVAS

Com foco total na partida de volta da semifinal da Libertadores, o técnico do Atlético-MG, Cuca, deve levar um time com apenas dois titulares para enfrentar o Criciúma, hoje, às 18h30, no estádio Independência, em Belo Horizonte.

Os titulares que estarão em campo são o goleiro Victor e o zagueiro Réver, que terá que cumprir suspensão e não participa da partida de volta contra o Newell's Old Boys, quarta-feira, também no Independência.

“Quando jogamos em casa, temos de vencer. Estamos lá embaixo (na zona do rebaixamento). Uma vitória levanta o moral para o Brasileiro e para quarta-feira. Mesmo sem ser um time considerado titular, é bom e vamos tentar fazer de tudo para vencer”, disse Cuca.

Também hoje, o Goiás recebe o Vitória, às 16h, no Serra Dourada. Na zona do rebaixamento, a equipe goiana tenta segurar os baianos, que iniciaram o campeonato embalados, com três vitórias, um empate e uma derrota. O Vitória não perdeu jogadores de peso durante a parada para a Copa das Confederações e ainda conta com a volta de Renato Cajá, recuperado de lesão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.