Jorge Henrique pode ser 1.° reforço corintiano para 2009

Atacante do Botafogo seria o reforço para o setor ofensivo tão esperado pelo técnico Mano Menezes

Vitor Marques - Jornal da Tarde,

27 de outubro de 2008 | 22h42

O Corinthians nega, o Botafogo confirma o interesse e o jogador, o atacante Jorge Henrique, afirma que não é hora para tocar no assunto. Começou assim a busca por reforços no Parque São Jorge, na primeira segunda-feira após a garantia de volta à Série A do Campeonato Brasileiro em 2009.Veja também:Corinthians anuncia torcida pelo Flamengo no BrasileirãoMano decide poupar William de amistoso em Cuiabá  TV Estadão: O que acontecerá com o Corinthians em 2009? Classificação Calendário / Resultados Vote: quem vai ficar com o título do Brasileirão? Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Nesta segunda-feira, dirigentes do Botafogo revelaram que o diretor-técnico do Corinthians, Antônio Carlos, esteve no Rio de Janeiro para, entre outros assuntos, conversar sobre a possibilidade de Jorge Henrique defender a camisa corintiana na próxima temporada."Eles se manifestaram de maneira ética, procuraram primeiro o clube e não o jogador e prometeram trazer uma proposta até a primeira quinzena de novembro", afirmou Ricardo Rotenberg, que trabalha como colaborador no Botafogo.Antônio Carlos, surpreso com a divulgação do caso, disse não "houve conversas com o Botafogo" e que não há "nada" sobre Jorge Henrique. "É um bom jogador, mas não há nenhum interesse por parte do Corinthians", explicou o dirigente.Negar ou evitar comentários sobre futuras contratações é prática comum nos clubes. Mas o Corinthians tornou isso uma regra. Ao longo da Série B do Brasileiro, a diretoria corintiana negou durante semanas que havia interesse nos jogadores Morais, então no Vasco, e Elias, que estava na Ponte Preta. Hoje, os dois são titulares do time do técnico Mano Menezes.Há algumas semanas, o Corinthians também evitou o quanto pôde comentar o interesse por Brandão, atacante do ucraniano Shakhtar Donetsk. Poucos dias depois, Antônio Carlos viajou à Ucrânia para tentar repatriar o brasileiro. Mas nada conseguiu.Por isso tudo, não seria surpresa se Jorge Henrique for contratado pelo Corinthians. O atacante tem os direitos econômicos fatiado em três partes: Botafogo, Atlético-PR e um fundo de investidores. E valeria cerca de US$ 2 milhões (ou R$ 4,5 milhões).No Rio de Janeiro, Jorge Henrique ficou animado com o interesse do Corinthians. E afirmou que gostaria de ter "o nome cantado pela Fiel", mas lamentou que a notícia tenha vazado no momento em que o Botafogo ainda está na brigando por uma vaga na Libertadores. "O Rotenberg poderia ter negado o interesse do Corinthians", disse o jogador.REUNIÃOAntônio Carlos revelou que as contratações corintianas para a próxima temporada serão discutidas com Mano ainda nesta semana. O presidente do clube, Andrés Sanchez, afirmou que quer um time forte para 2009 e que o Corinthians irá contratar três ou quatro jogadores para o próximo ano.Ainda para o ataque, a diretoria trabalha com outros nomes: Deivid, do Fenerbahçe, Liedson, do Sporting Lisboa, e Leandro Amaral, do Vasco. É também possível a contratação de um zagueiro para compor elenco.PERMANÊNCIAAlém de começar a caça por reforços, o Corinthians precisa arrumar um bom dinheiro para manter dois importantes jogadores no elenco: o meia Morais e o atacante Herrera.Morais ainda pertence ao Vasco e seu contrato com o Corinthians termina em junho. Para ficar com o jogador, a diretoria corintiana precisa desembolsar cerca de US$ 3 milhões (R$ 6,7 milhões).O caso de Herrera é mais complicado, porque o empréstimo do atacante argentino vence no final de dezembro. Os corintianos conseguiram diminuir o valor do jogador para US$ 2,4 milhões (R$ 5,4 milhões), mas ainda falta fechar o negócio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.