Jorge Henrique rebate críticas de Carlos Alberto Parreira

Atacante do Corinthians diz que seu 'cai-cai' ocorreu porque apanhou muito dos jogadores do Fluminense

AE, Agencia Estado

22 de maio de 2009 | 17h42

Jorge Henrique decidiu reclamar as declarações de Carlos Alberto Parreira, que reclamou da arbitragem da partida entre Fluminense e Corinthians, quarta-feira, por supostamente ter marcado muitas faltas no atacante. Ele disse que foi perseguido pelos defensores do time das Laranjeiras.

Veja também:

linkCorinthians vai sem cinco titulares para jogo contra o Barueri

linkExame confirma contratura na panturrilha de Ronaldo

especial Visite o canal especial do Brasileirão

especial Jogue o Desafio dos Craques

tabela Brasileirão Série A - Classificação e Calendário

especialVisite o canal especial da Libertadores

lista Libertadores - Calendário/Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Respeito o Parreira por tudo que ele conquistou no futebol, mas antes de me chamar de cai-cai, seria bom ele sentir as dores que estou sentindo, por conta das pancadas que tomei do lateral-direito da equipe dele", reclamou Jorge Henrique.

Irônico, o atacante corintiano disse que a melhor queda sua no Maracanã foi para comemorar o seu gol no empate por 2 a 2 com o Fluminense. "De qualquer forma, vou lembrar ao professor Parreira que a queda mais gostosa no jogo, sem dúvida, foi quando dei um peixinho para comemorar meu gol", disse.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.