Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Jorge Jesus estreia no Maracanã pelo Flamengo com casa cheia ante o Goiás

Mais de 57 mil ingressos já foram comercializados para o primeiro jogo em casa do time carioca desde a parada para a Copa América

Redação, Estadão Conteúdo

13 de julho de 2019 | 19h57

Jorge Jesus vai sentir pela primeira vez a sensação de comandar um time brasileiro atuando em casa neste domingo. O português fará sua estreia no Maracanã como treinador do Flamengo diante do Goiás, no jogo das 11 horas válido pela décima rodada do Campeonato Brasileiro. E será com o estádio lotado.

Mais de 57 mil ingressos já haviam sido comercializados até a última sexta-feira, o que vai engordar ainda mais a média de público da equipe carioca como mandante na temporada. Já antes da parada para a Copa América, entre Campeonato Carioca, Copa do Brasil e Brasileirão, o Flamengo já possuía uma média de 45.327 pagantes por jogo.   

Na última quarta-feira, o técnico europeu fez sua estreia com um empate (1 a 1) considerado bom resultado diante do Athletico-PR, pela Copa do Brasil, em um campo de características hostis. Neste domingo, terá uma torcida massiva a favor, mas vai ter de começar a lidar, na prática, com a dificuldade imposta pelo calendário nacional. Já na próxima quarta-feira fará o retorno do confronto decisivo contra os paranaenses com a necessidade de definir se poupará algumas peças neste domingo visando a classificação às semifinais do torneio mata-mata.

Pelo Brasileirão, o Flamengo ocupa a terceira posição na tabela, com 17 pontos, se colocando na briga pelo título, mesmo com uma distância já considerável para o líder Palmeiras, que tem 25. "Não há espaço (para descanso), só há espaço para recuperar. Mas vamos trabalhar mesmo não tendo muito tempo", comentou o técnico.

No discurso dos jogadores, também não há espaço para lamentações. “Sabemos que o Flamengo precisa brigar em todas as frentes que tem pela frente, e é isso que o torcedor espera da nossa equipe. Não podemos deixar de lado o Campeonato Brasileiro, e com certeza entraremos em campo com o pensamento de conquistarmos um grande resultado contra o Goiás”, garantiu o atacante Bruno Henrique.

O seu companheiro de ataque, Gabriel, por sua vez, admitiu temer o cansaço, mas dá sinais de que nem pensa em ser poupado da partida deste domingo. "Para ser sincero, não é bom um jogo em cima do outro. Temos que descansar bastante para chegar bem nas partidas, mas não vamos ter problema", comentou o autor do gol de empate na Arena da Baixada, o primeiro da "Era Jorge Jesus" no clube carioca.

Sem dar pistas em relação ao time que irá a campo neste domingo, Jorge Jesus não informou se pretende poupar alguns titulares na partida. A expectativa fica em torno da possível estreia do lateral-direito Rafinha, que chegou a ser cotado para estrear no jogo de Curitiba pela Copa do Brasil, mas acabou dando lugar a Rodinei.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.