Ricardo Moraes/ Reuters
Ricardo Moraes/ Reuters

Jorge Jesus evita falar sobre futuro e comemora título estadual com o Flamengo

Técnico concedeu entrevista somente ao canal de televisão do próprio clube e não chegou a ser questionado sobre a possibilidade de se transferir para o Benfica

Redação, O Estado de S.Paulo

16 de julho de 2020 | 00h03

O técnico Jorge Jesus evitou falar sobre o seu futuro após a conquista do Campeonato Carioca pelo Flamengo, na noite desta quarta-feira. O rubro-negro venceu mais uma vez o Fluminense no Maracanã, desta vez por 1 a 0. 

Ao fim da partida, o treinador concedeu entrevista somente à FlaTV, canal de televisão do próprio clube. Mas não chegou a ser questionado sobre a possibilidade de se transferir para o Benfica. Segundo informações da imprensa portuguesa, ele já fechou acordo com o clube e assinaria o contrato no fim de semana. 

Jesus comentou apenas sobre a nova conquista à frente do Flamengo. "Em primeiro lugar, parabéns ao Flamengo e também para nosso rival, que foi muito competente e nos obrigou a jogar dentro dos limites. Nosso objetivo era vencer esse troféu, o último que faltava, principalmente eu que nunca ganhei um Estadual", disse o treinador.

O português admitiu que o Fla caiu de rendimento no segundo tempo, em razão da vantagem de jogar por um empate, por ter vencido o jogo de ida, por 2 a 1. "Nós fizemos um bom primeiro tempo e, no segundo, a gente jogou de forma para administrar a nossa vantagem. Mesmo porque os times, tanto o Flamengo como Fluminense, não estão em boas condições físicas. No final, tivemos a chance e marcamos o gol da vitória", comentou.

Antes da entrevista, Jesus foi celebrado pelos jogadores. Aos gritos de "olê, olê, olê, olê, Mister, Mister", o técnico foi chamado para erguer o troféu e depois acabou sendo jogado para cima. Teve também um abraço caloroso do atacante Gabriel, que não atuou por estar suspenso.

FUTURO

Se Jesus evitou soltar qualquer informação sobre o seu futuro, o vice-presidente de futebol do Fla, Marcos Braz, tentou mostrar otimismo. Também em entrevista à FlaTV, ele indicou que o treinador deve permanecer no clube brasileiro. "Calma, vai dar tudo certo, vamos dormir muito bem nesta noite. Fiquem tranquilos."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.