Alexandre Vidal/Flamengo
Alexandre Vidal/Flamengo

Jorge Jesus avisa que time principal do Flamengo vai jogar só na quinta rodada

Treinador afirmou que a ideia é utilizar o estadual como pré-temporada

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de janeiro de 2020 | 19h03

No primeiro dia de treinos do elenco principal do Flamengo em 2020, o técnico Jorge Jesus anunciou que vai utilizar os titulares na segunda-feira (dia 3), contra o Resende, no Maracanã, pela quinta rodada da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. No clássico desta quarta-feira o time ainda será representado pelos garotos Sub-23 e dirigido pelo técnico Maurício Souza.

O português revelou que os objetivos do atual campeão da Copa Libertadores serão grandiosos no ano. O rubro-negro enfrenta o Athletico-PR, dia 16 de fevereiro, em Brasília, e três dias depois faz o primeiro jogo da Supercopa Sul-Americana, em Quito, diante do Independiente Del Valle. O jogo de volta no Maracanã está previsto para dia 19.

"Faltando duas semanas para a primeira decisão, vamos aproveitar os jogos do Estadual para a pré-temporada. Contra o Resende, joga a maior parte destes jogadores que faziam parte do elenco, mais os que chegaram. Os dois últimos jogos do Estadual antes da final da Supercopa serão com esses jogadores", afirmou o treinador.

Jesus afirmou que ainda está com a derrota na prorrogação para o Liverpool no Mundial, "atravessada na garganta". Por isso, a missão principal em 2020 é voltar a disputar o principal título de clubes no fim da temporada.

"Nós fizemos uma temporada espetacular ano passado. Fizemos uma grande partida, contra a melhor equipe do mundo naquele momento. Desde que jogou com a gente ainda não perdeu. Essa final ficou atravessada na garganta, é um dos meus grandes objetivos pessoais, chegar lá mais uma vez no Mundial", afirmou o técnico, que analisou a situação de Gabriel e Pablo Mari, dois jogadores ainda não garantidos no elenco.

"O Gabi não é do Flamengo, é da Internazionale. O Pablo sim, é jogador do Flamengo. Ele faz parte dos que se destacaram, tem procura, mas está entregue aos responsáveis por isso. Como o do Gabi. São dois jogadores que queremos muito no nosso plantel."

As contratações feitas pela diretoria, como o atacante Pedro, para a temporada deixaram o treinador satisfeito. "Teoricamente é mais forte (elenco). Os que ficaram tem sete, oito meses comigo. Esses novos jogadores vieram para melhor quantidade e qualidade do elenco. Estudamos não só as características individuais, mas também do que a equipe precisava. Enquadramos financeiramente também, dentro do que era a área financeira. Focamos nesses e estou muito satisfeito com aquilo que a direção fez em relação a esses novos jogadores."

Tudo o que sabemos sobre:
FlamengoJorge Jesusfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.