Bruno Cantini / Atlético-MG
Bruno Cantini / Atlético-MG

Jorge Sampaoli assume a culpa após empate do Atlético-MG contra o América-MG

Apesar de considerar que sua equipe foi a melhor em campo, técnico argentino acha que a proposta de jogo não funcionou

Redação, Estadão Conteúdo

26 de julho de 2020 | 20h28

O Atlético-MG ainda não conseguiu render o esperado neste domingo e ficou no empate por 1 a 1 contra o América-MG, no estádio Independência, em Belo Horizonte, pela 10.ª rodada do Campeonato Mineiro. O técnico argentino Jorge Sampaoli tirou a pressão em cima do elenco alvinegro, que corre risco de não se classificar na última rodada, e chamou a responsabilidade.

"(Queríamos) Dominar o meio de campo. É totalmente responsabilidade do treinador, que não conseguiu fazer a proposta funcionar. (Marquinhos entrou com a intenção) De dominar o meio de campo, colocar o Nathan como falso 9, mas seguimos na mesma tônica. Temos que gerar coisas que inquietam o rival. Há que ter diferentes tipos de organização para a gente superar", falou o treinador.

Sampaoli não titubeou ao falar que o América-MG foi melhor na partida. "Penso que foram mais táticas que outras coisas. O posicionamento, a modificação estrutural. Tudo isso fez com que saíssemos com um empate diante do rival. A equipe rival jogou melhor, teve mais controle de bola. Não conseguimos fazer o que fizemos em boa parte do primeiro tempo. Isso nos custou o empate, creio que merecido, porque não produzimos muitas coisas no segundo tempo", acrescentou.

O goleiro Rafael, que fez excelente partida neste domingo, seguiu a linha do comandante e deixou claro que a equipe tem muito o que melhorar na temporada. "Foi o primeiro jogo, então claro que temos muitas coisas para ajustar ainda. Fizemos muita coisa boa. Acredito que tivemos mais chances de gol. O Airton também fez grandes defesas", disse.

Com 19 pontos, o Atlético-MG vai para a última rodada dependendo apenas de si para avançar às quartas de final. No entanto, precisará abrir o olho, pois o Cruzeiro, com 17, vem logo atrás.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.