Divulgação
Divulgação

Jorge Wagner marca e Botafogo vence o Madureira

No primeiro teste com os titulares no Campeonato Carioca, Alvinegro ganha por 2 a 1

Ronald Lincoln Jr., Agência Estado

23 de janeiro de 2014 | 23h25

RIO - O Botafogo sofreu no fim do jogo, mas acabou passando pelo primeiro teste com seus titulares, na noite desta quinta-feira, ao vencer o Madureira por 2 a 1, em São Januário. O jogo marcou o fim do jejum de gols do atacante Henrique, e quem também se destacou foi o estreante Jorge Wagner, que fez o primeiro gol do jogo.

Com a vitória, o Botafogo assumiu a segunda colocação no Campeonato Carioca, com cinco pontos. Como tem que disputar a pré-Libertadores e antecipou uma partida do Estadual, a equipe tem um jogo a mais que as outras.

O JOGO

 

O Botafogo começou dominando a posse de bola. Aos 18 minutos, o lateral alvinegro Edilson recebeu em velocidade na intermediaria adversária, avançou para a grande área e arriscou um bom chute, que o goleiro Yan espalmou por sobre o gol. Aos 20, Jorge Wagner tabelou com Gabriel em frente à área do Madureira, o volante bateu cruzado e a bola passou com perigo à esquerda.

O Madureira reagiu em seguida. Em um contra ataque rápido, Robert passou em velocidade para o atacante Victor Borges, que arriscou de fora da área. A bola passou bem perto da trave direita e saiu pela linha de fundo.

O gol saiu aos 27 minutos, quando Júlio César sofreu uma falta na entrada da área. Jorge Wagner bateu à meia altura, a barreira abriu e bola passou no canto direito de Yan, estufando as redes do Madureira.

O Botafogo iniciou a segunda etapa atacando forte. Com pouco mais de um minuto, o lateral Júlio César roubou a bola no meio campo, carregou em velocidade até a linha de fundo e cruzou para Henrique, que cabeceou firme para marcar o segundo gol do Botafogo, seu primeiro gol pelo clube.

Logo o Madureira começou a gostar do jogo e, aos 19, Ryan cruza na área Botafogo, Tiago Barreiros cabeceou no canto e Jefferson faz mais difícil defesa.

O jogo complicou ainda mais para o Botafogo na metade do segundo tempo, quando o técnico Eduardo Hungaro tirou o volante Bolatti e promoveu a entrada do jovem atacante Sassá. Cansado, o time alvinegro começou a ceder espaços e o Madureira cresceu.

O time tricolor descontou aos 36. A equipe interceptou um escanteio do Botafogo, a bola sobrou para Carlinhos, que carregou desde o seu campo até a intermediaria do Botafogo e chutou rasteiro de fora da área.

Depois do gol o Madureira seguiu pressionando. Eduardo Hungaro percebeu o momento ruim, sacou o atacante Sassá, que recém havia entrado, e recompôs o meio campo com o volante Fabiano. Com isso, a equipe conseguiu manter a vitória.

FICHA TÉCNICA

BOTAFOGO 2 X 1 MADUREIRA

BOTAFOGO - Jefferson; Edilson, Bolívar, Dória e Júlio César; Bolatti (Sassá) (Fabiano), Marcelo Mattos, Gabriel, Jorge Wagner e Lodeiro; Henrique (Yguinho). Técnico - Eduardo Húngaro.

MADUREIRA - Yan; Marquinho, Leozão, André e Gabriel (Luiz Paulo); Victor Bolt, Gilson, Ryan e Carlinhos; Robert (Tiago Barreiros) e Vitor Borges (Allan). Técnico - Antônio Carlos Roy.

GOLS - Jorge Wagner, aos 27 minutos do primeiro tempo; Henrique, 1 minuto, e Carlinhos, aos 36 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - André Oliveira.

ÁRBITRO - João Batista de Arruda.

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio de São Januário, no Rio

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoCampeonato Carioca

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.