Jorge Wagner quer aproveitar permissão e ir para o Grêmio

O meio-campo brasileiro Jorge Wagner, do Betis, tentará se beneficiar da permissão especial que a Fifa concedeu ao argentino Mascherano, para poder atuar em três equipes na mesma temporada e, deste modo, negociar sua transferência para o Grêmio.Wagner chegou ao Betis no final de agosto, procedente do Internacional. As leis da Fifa o impediam de mudar de clube, já que um mesmo jogador não pode ser inscrito por mais de duas equipes em um mesmo ano. O brasileiro tentará, no entanto, se aproveitar da permissão concedida ao meia argentino Mascherano, que atuou pelo Corinthians e pelo West Ham, e teve permitida sua transferência para o Liverpool. Em seu curta passagem pelo Campeonato Espanhol, Wagner participou de 10 partidas, não marcou nenhum gol, e recebeu um cartão amarelo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.