Jorginho admite erros do Vasco, mas exalta vitória e série invicta

O Vasco chegou à incrível marca de 31 partidas de invencibilidade no último sábado, ao vencer mais uma na Série B do Campeonato Brasileiro. Em casa, a equipe abriu 2 a 0 sobre o Bahia, sofreu o empate, mas reagiu para fazer 4 a 3 e manter os 100% de aproveitamento na competição. O resultado agradou o técnico Jorginho, que, no entanto, admitiu alguns erros do time.

Estadão Conteúdo

29 de maio de 2016 | 12h33

"O primeiro tempo foi bom, tivemos volume de jogo. Na segunda etapa, infelizmente, tomamos dois gols e eles conseguiram o empate. Tínhamos que estar atentos, porque sabíamos que entrariam com jogadores de velocidade. Mas, a equipe teve uma reação rápida com o gol do Nenê e poderia ter definido a partida. O Bahia é um time que vai lutar para ser campeão. Era um confronto direto, super importante o resultado positivo, principalmente em casa", avaliou.

O treinador também fez questão de exaltar a marca invicta de seus comandados. "O mais importante é nossa vitória, se mantendo invicto. É um número muito legal para a gente. Claro que o principal é vencer e se manter na liderança, mas continuar invicto há 31 jogos é excelente, muito expressivo. Eu quero parabenizar meus jogadores por este número maravilhoso. Estamos encarando todos os jogos como final de campeonato."

Jorginho ainda elogiou e agradeceu a torcida vascaína pelo apoio durante a partida. "Gostaria muito de parabenizar a torcida que veio aqui. Está de parabéns, foi o tempo todo apoiando, até mesmo quando eles fizeram o terceiro gol. Não tenha dúvida que a torcida é fundamental em todo processo. Não vi nenhuma reclamação ou xingamento, foi apoio o tempo inteiro."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.