Paulo Fernandes/Vasco
Paulo Fernandes/Vasco

Jorginho aponta Vasco mais confiante na luta contra o rebaixamento

Com 23 pontos, time carioca está em penúltimo lugar no Brasileirão

Estadão Conteúdo

21 de setembro de 2015 | 08h16

O Vasco deu mais um passo na sua luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro ao derrotar o Sport por 2 a 1, no Maracanã, pela 27ª rodada, resultado que tirou o time da lanterna da competição. Satisfeito, o técnico Jorginho reconheceu que o time está longe de viver uma situação tranquila, mas ressaltou que o bom momento do time, com dez pontos somados nos últimos quatro jogos, traz mais confiança.

"Não se pode falar em alívio porque ainda nos encontramos numa colocação delicada, mas com certeza nos traz confiança. A gente tem valorizado jogadores que nem estão no banco, como o próprio Vaz, e isto faz diferença", disse o treinador vascaíno após o jogo de domingo.

Jorginho fez questão de destacar o apoio dos torcedores do Vasco que foram ao Maracanã - o estádio recebeu 19.128 pagantes - e declarou que o lema "eu escolhi acreditar" está sendo levado para campo pelos jogadores.

"A torcida foi fundamental, não deixou de apoiar nem no momento mais crítico da partida, quando erramos alguns lances e deixamos o Sport trocar passes. O torcedor que criou o lema ''eu escolhi acreditar'' foi muito feliz e está é uma realidade dentro do grupo hoje. Ele trouxe todo nosso sentimento de decidir acreditar e ir até fim. Esta é a torcida do Vasco da Gama que eu conheço, que acredita, que vem e apoia do início ao fim. Esta vitória, sem dúvida alguma, é para todos os torcedores", afirmou.

Após ficar quase ano sem atuar, o zagueiro Rafael Vaz passou a ser aproveitado no Vasco depois da chegada de Jorginho e foi o herói da vitória sobre o Sport ao marcar o segundo gol do time na partida. Após o duelo, ele foi muito elogiado por Jorginho, que ressaltou a força do time nas jogadas aéreas.

"O Rafael, não sei o real motivo, estava afastado quando cheguei. Ele vem fazendo um papel maravilhoso como zagueiro ou como volante, dando qualidade ao passe e sendo importante para o time. É um atleta que tem também uma boa bola parada. No treino, ele já tinha feito gols no mesmo tipo de jogada. Percebemos que ele, o Luan e o Leandrão estavam tendo facilidade nas bolas aéreas no ataque. E quando o Vaz entra no meio, tem dado consistência e faz a bola girar com facilidade", comentou.

Com 23 pontos, o Vasco está em penúltimo lugar no Brasileirão, a oito do primeiro time fora da zona de rebaixamento. Agora o time volta as suas atenções para a Copa do Brasil, pois na próxima quarta-feira vai encarar o São Paulo, no Morumbi, no jogo de ida das quartas de final.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoVascoJorginho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.