Paulo Fernandes/Vasco
Paulo Fernandes/Vasco

Jorginho comemora vitória em reestreia e pede apoio da torcida do Vasco

Contra o Sport, técnico iniciou sua segunda passagem no comando da equipe carioca

Estadão Conteúdo

10 Junho 2018 | 06h22

O técnico Jorginho teve motivos para comemorar e lamentar em sua reestreia no comando do Vasco, na noite deste sábado. Ele festejou o triunfo por 3 a 2 sobre o Sport, em São Januário, em rodada do Brasileirão, mas pediu o apoio da torcida após vaias ao zagueiro Paulão, muito criticado por marcar um gol contra.

+ Leia mais notícias sobre o Vasco

+ Confira a tabela de classificação do Campeonato Brasileiro

+ Com gol no final, Vasco vence o Sport por 3 a 2 na reestreia do técnico Jorginho

"Vencer no primeiro jogo é sempre muito bom, mas estamos começando um trabalho. A nossa comemoração lá com os jogadores no escanteio foi porque as pessoas não sabem qual é o sentimento de um atleta vaiado. Foi um momento de explosão de alegria que contagiou todos nós. Iremos valorizar e prestigiar o elenco. Assim é o Vasco!", disse o técnico.

Em seu início de trabalho, Jorginho convocou a torcida e pediu compreensão após ouvir vaias a Paulão durante praticamente todo o jogo neste sábado. "O torcedor tem o poder do termômetro do jogo. Ele dita o ritmo apoiando ou não o time. E tem atleta que precisa muito ser abraçado. Nem todos são como o Romário, que não se importava com as críticas. Nós vamos precisar de cada um de vocês na arquibancada nos incentivando", afirmou.

Jorginho iniciou contra o Sport a sua segunda passagem pelo Vasco como treinador. Antes, comandara a equipe entre 2015 e 2016 e deixou São Januário com o título do Campeonato Carioca de 2016. Questionado sobre a diferença de liderar a equipe em momentos diferentes, o técnico fez breve comparação.

"O que difere uma equipe da outra é muito claro: maturidade. A média de idade naquela época era de 30 anos para cima. Ali tínhamos a experiência. Esse plantel atual é mais jovem, mas os dois times tem uma coisa em comum, são equipes guerreiras", comentou o técnico.

A vitória fez o time carioca alcançar os 15 pontos, subindo três posições na tabela do Brasileirão, na 10ª colocação. No entanto, poderá perder colocações no decorrer da rodada, neste domingo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.