Jorginho confirma Vasco sem Luan, Andrezinho e Riascos

Já classificado para a próxima fase do Campeonato Carioca, o Vasco vai a campo com uma escalação alternativa para encarar o Bonsucesso neste sábado, pela última rodada. Além de Riascos, que era desfalque certo por conta de uma lesão muscular, o técnico Jorginho decidiu poupar o zagueiro Luan e o meia Andrezinho, que vinham sentindo dores.

Estadão Conteúdo

04 de março de 2016 | 13h25

"Tanto o Luan quanto o Andrezinho não vão para o jogo. Os dois estão com um incômodo. Se a gente tivesse um jogo de extrema importância, os dois estariam aptos para jogar, mesmo com dor. Como não é o caso, entendemos que podemos segurá-los nesse momento. O Andrezinho tem o agravante de ter dois cartões amarelos. Se ele tomar o terceiro, pode nos prejudicar lá na frente", explicou nesta sexta-feira.

Jorginho, aliás, não perdeu tempo e nem fez questão de fazer mistério. Ele já confirmou os substitutos de seus três desfalques. O treinador levará a campo Jomar, Eder Luis e Thalles e já realizou um prognóstico do que espera ver no sábado.

"Na zaga, permanece a mesma coisa, continuamos a linha de quatro. No meio-campo, porém, muda um pouquinho. Vamos no 4-2-3-1 e não no losango, como estávamos jogando. Iremos com uma linha de três na frente formada pelo Eder, o Jorge e o Nenê, com o Thalles mais à frente. É uma formação completamente diferente. Temos a possibilidade de espaçar a equipe adversária, pois teremos dois jogadores abertos e bastante amplitude em campo", analisou.

JULIO CESAR RENOVA - Ainda nesta sexta-feira, o Vasco acertou a renovação contratual com o lateral Julio Cesar. Um dia depois prorrogar o vínculo do goleiro Martín Silva, desta vez foi o jogador de 33 anos quem assinou um novo contrato com o clube, agora válido até o fim de 2017.

"É um reconhecimento ao trabalho excelente que os jogadores estão realizando. Isso mostra que o clube tem um planejamento para o futuro. São jogadores que me alegram muito pela idade. Normalmente, algumas equipes teriam dúvidas em mantê-los, mas o Vasco não teve. É uma valorização pelo que eles demonstraram ao longo da carreira e pelo futebol que estão desenvolvendo desde o ano passado. São dignos de uma renovação porque são atletas importantes e, sem dúvidas, continuarão sendo", elogiou Jorginho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.