JOHN SIBLEY / Action Images via Reuters
JOHN SIBLEY / Action Images via Reuters

Jorginho diz ser 'ridículo' título da Eurocopa não garantir vaga da seleção na Copa do Mundo

Fora do Mundial no Catar, volante do Chelsea afirma ser contra os critérios de classificação da Fifa para a competição

Redação, O Estado de S.Paulo

20 de julho de 2022 | 16h16

Eliminada da Copa do Mundo na repescagem europeia pela Macedônia do Norte, a Itália chega a seu segundo Mundial consecutivo sem garantir a classificação. Diante disso, Jorginho, volante ítalo-brasileiro e do Chelsea, afirmou ser contrário aos critérios de classificação da Fifa para sua principal competição.

Em tour de pré-temporada com o clube inglês nos Estados Unidos para a disputa da Florida Cup, o meia afirmou, em entrevista ao Podpah, que o título da Eurocopa deveria garantir classificação direta da seleção à Copa do Mundo. Em um papo descontraído, o jogador demonstrou incômodo pelo tropeço italiano nas Eliminatórias.

"É ridículo ganhar a Eurocopa e não ir direto para a Copa do Mundo. 'Liga lá' para a Fifa, para a UEFA, para saber, porque pelo amor de Deus. Talvez porque a gente acabou não indo e eu estou mais indignado ainda, mas 'pô', você ganha, se mata e tem que disputar as Eliminatórias de novo, tá de sacanagem", afirmou o jogador.

Em 2021, a Itália conquistou a Eurocopa, ao derrotar a Inglaterra nos pênaltis na final, disputada no Estádio de Wembley. Já nas Eliminatórias, a seleção foi eliminada após tropeços consecutivos em seu grupo, diante da Suíça, a Irlanda do Norte e, consequentemente, em derrota para a Macedônia do Norte, na repescagem europeia.

"Ganha a Eurocopa para que? Para ganhar a Euro? Só para ganhar Euro? Ganha a Liga Europa pra classificar para a Liga dos Campeões. Você ganha a Champions, disputa o Mundial de Clubes. O Mundial é o topo, onde não tem mais pra onde ir, se ganha o Mundial está classificado para o outro. Ganha Europeu, Copa América, o Asiático, e você não vai direto? Sacanagem", disse Jorginho.

Após a eliminação da seleção italiana, Portugal derrotou a Macedônia e garantiu sua vaga para o Catar - que pode ser o último disputado por Cristiano Ronaldo. Desde o título Mundial em 2006, há 16 anos, a Itália ficou fora de duas Copas (2018 e 2022) e não conseguiu passar da fase de grupos em outras duas oportunidades (2010 e 2014).

Nos Estados Unidos, o Chelsea derrotou o América do México em seu primeiro amistoso de pré-temporada. Nesta quarta-feira, o time comandado por Thomas Tuchel volta a campo para enfrentar o Charlotte F.C. e, no sábado, tem o clássico com o Arsenal. A estreia da temporada 2022/23 do Campeonato Inglês acontece no dia 6 de agosto, diante o Everton.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.