Jorginho exalta vitória e vê cansaço como obstáculo do Vasco

O técnico Jorginho não deixou de lamentar o fato de o Vasco não ter conseguido eliminar a partida de volta da segunda fase da Copa do Brasil, em jogo contra o CRB, na noite desta quarta-feira, no estádio Rei Pelé, em Maceió, onde o time carioca venceu por 1 a 0 e abriu vantagem na luta por uma vaga no estágio seguinte da competição. Entretanto, o treinador exaltou a importância do triunfo que permitirá que a equipe possa avançar no torneio com um empate na próxima quarta, em São Januário, no confronto de volta do mata-mata.

Estadão Conteúdo

12 de maio de 2016 | 09h37

O comandante ressaltou que a equipe estava desgastada depois da disputa do segundo jogo da final do Campeonato Carioca, no último domingo, quando empatou por 1 a 1 com o Botafogo, no Maracanã, e conquistou o bicampeonato estadual. Além disso, ele lembrou que o time precisou viajar até Alagoas, fato que aumentou o cansaço e dificultou a meta de vencer por dois gols de diferença para eliminar o confronto de volta.

"Foi importante (a vitória), claro que a gente queria matar o jogo de volta para que pudéssemos dar um descanso maior a estes jogadores, até mesmo pela batida que foi o Campeonato Carioca e ainda emendando algumas viagens para Belém e Manaus. Então, eu queria dar um descanso maior a eles, mas não poderemos. No domingo eles terão a folga, depois do jogo contra o Sampaio Corrêa (sábado, em São Luís, no Maranhão, na estreia da Série B do Brasileiro). O CRB chegou junto, algumas vezes desleal, por trás, e nós temos que ter o cuidado necessário. Esse é o nível que iremos encontrar e precisamos ultrapassar esta barreira", afirmou Jorginho, já projetando o que espera ter pela frente neste retorno à segunda divisão do futebol brasileiro.

O treinador ainda enfatizou que o confronto diante do CRB foi importante para o time vascaíno já restabelecer o foco em seus próximos desafios na temporada após a euforia pela conquista do bicampeonato carioca. Mais do que o título da Copa do Brasil, o time tem como principal objetivo a volta à elite nacional após o rebaixamento sofrido no Brasileirão do ano passado.

"Foi uma partida muito pegada, o que nos mostrou demais o que será a Série B. Isso foi importante para a gente. A nossa equipe entrou concentrada, conseguiu realmente virar a chave, não ficar vivendo aquele momento, assim como também aconteceu com o CRB. Eles também foram bicampeões (alagoanos) aqui. Poderíamos ter mantido um pouco mais a posse de bola, demos alguns chutões, coisa que eu não gosto muito que aconteça, prefiro sempre que o time construa o jogo desde o início, desde o tiro de meta. Mas, tivemos um pouco de dificuldade, até pelo cansaço da final de domingo e desta viagem", completou Jorginho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.