Alessandro Garofalo/Reuters
Alessandro Garofalo/Reuters

Jorginho marca, Napoli vence Udinese e retoma ponta; Roma e Milan só empatam

Volante ítalo-brasileiro faz em rebote de pênalti o gol da vitória fora de casa

Estadão Conteúdo

26 Novembro 2017 | 15h14

O Napoli venceu a Udinese por 1 a 0 neste sábado, em Údine, no norte da Itália, pela 14.ª rodada do Campeonato Italiano e recuperou a liderança da competição. O gol da equipe napolitana foi marcado pelo meio-campista ítalo-brasileiro Jorginho, em uma cobrança de pênalti, na primeira etapa.

+ Inter vence Cagliari com 2 de Icardi e assume liderança provisória

O time napolitano chegou aos 38 pontos, superando a Internazionale, que havia assumido temporariamente a ponta da tabela depois de vencer o Cagliari fora de casa por 3 a 1, no último sábado, fora de casa, e chegar aos 36 pontos.

O jogo foi bastante disputado e a equipe mandante chegou a ter mais volume de jogo. Nos primeiros minutos, a Udinese pressionou o Napoli e teve boas oportunidades para sair na frente do placar.

No entanto, o Napoli criava chances especialmente com Insigne e Mertens e, em boa jogada pela direita do ataque, chegou ao gol aos 32 minutos, em uma penalidade máxima. O lateral-direito Christian Maggio foi derrubado por Angella dentro da área. Na cobrança, Jorginho bateu mal, o goleiro Simone Scuffet defendeu, mas o próprio brasileiro pegou o rebote e mandou a bola para as redes.

Na segunda etapa, a equipe da casa seguiu tentando empatar a partida, mas pecou nas finalizações. O Napoli, por sua vez, controlou o jogo para garantir mais uma vitória no campeonato nacional - a 12ª em 14 jogos - e a invencibilidade.

O próximo confronto do Napoli será o clássico contra a Juventus, no estádio San Paolo, em Nápoles, na sexta-feira que vem, pela 15.ª rodada do Italiano. As duas equipes têm protagonizado grandes jogos - ambos fizeram a semifinal da última edição da Copa da Itália, vencida pelo time de Turim.

OUTROS JOGOS

Genoa e Roma empataram em 1 a 1, também neste sábado, em Gênova. A equipe romana - que se manteve na quarta posição do Italiano, com 31 pontos - saiu na frente do placar com El Shaarawy, aos 14 minutos da segunda etapa, aproveitando um cruzamento da direita feito por Florenzi.

No entanto, dez minutos depois, teve o volante De Rossi expulso de campo por segurar a camisa e dar um tapa no rosto do atacante Gianluca Lapadula dentro da área. Na cobrança de pênalti, o próprio Lapadula chutou forte e no alto, sem chances de defesa para o goleiro brasileiro Alisson, dando números finais ao jogo.

Já no estádio San Siro, em Milão, Milan e Torino ficaram no empate em 0 a 0, resultado ruim para ambos os times. A equipe rossonera, com 20 pontos, permaneceu na sétima posição da tabela, fora da zona de classificação para as competições europeias. O time grená por sua vez está em 10º lugar, com 19 pontos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.