Paulo Fernandes| Divulgação
Paulo Fernandes| Divulgação

Jorginho minimiza vitória vascaína e exalta atuação de Jordi

Vasco é a única equipe com invencibilidade no campeonato

O Estado de S. Paulo

28 de março de 2016 | 09h04

A vitória por 1 a 0 sobre o Botafogo, domingo, em São Januário, deixou o Vasco na condição de único time invicto no Campeonato Carioca. O técnico Jorginho garante, porém, que a marca não é um fator de motivação, declarando que o seu foco está em assegurar o título da Taça Guanabara, a segunda fase do torneio estadual, e a vantagem nas etapas seguintes.

"Importante, mas a invencibilidade não me fascina. O que me deslumbra é estar em primeiro, ser campeão da Taça Guanabara e poder jogar o segundo jogo em casa. Isso me alegra. Ficar sem perder é porque a equipe vem jogando bem, atuando com muita eficiência e qualidade. A invencibilidade pode acabar a qualquer hora. O importante é permanecermos em primeiro e na situação em que estamos no momento", afirmou.

Após o duelo, Jorginho fez questão de elogiar a atuação do goleiro Jordi, que substituiu Martín Silva, convocado para a seleção uruguaia, e fez defesas importantes, assegurando o triunfo vascaíno.

"O Jordi foi muito bem, a atuação dele nos alegrou muito. Não é fácil substituir o Martín Silva, pois trata-se de um goleiro quase perfeito. Ele é muito bom, fantástico, experiente, muito complicado jogar no seu lugar. Mas importante é que o Jordi demonstrou que tem capacidade e a torcida pode confiar no potencial dele", disse.

O treinador também reconheceu que o seu time não teve bom desempenho no começo do clássico com o Botafogo, mas avaliou que o time evoluiu após ficar em vantagem, com o gol marcado por Thalles após passe de Nenê.

"Realmente, não começamos o confronto bem, o Botafogo conseguiu pressionar nosso forte, que é a saída de bola. Aí nos complicamos, tivemos dificuldade, mas ainda bem que fizemos um gol, com o Thalles. Eles foram superiores no primeiro tempo e no segundo melhoramos. Existem jogos em que as coisas não correm tão bem. Mas quero ressaltar a confiança entre os atletas, a luta, o espírito de vontade. Estamos com nove pontos e os outros atrás. Muito bom ter vencido este compromisso e agora estamos bem no campeonato", comentou.

Com nove pontos e 100% de aproveitamento, o Vasco é o líder da Taça Guanabara e volta a jogar na próxima quarta-feira, diante do rival Flamengo, no Mané Garrincha.

Tudo o que sabemos sobre:
Vasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.