Jorginho minimiza momento do Madureira e pede atenção ao Vasco

Equipe enfrentará o lanterna do campeonato em São Januário

Estadão Conteúdo

08 de abril de 2016 | 14h36

Segundo colocado da Taça Guanabara, com mesmo número de pontos do líder Fluminense, e invicto na temporada, o Vasco enfrentará neste sábado, em São Januário, um time que vive momento bem diferente. O Madureira é o lanterna desta segunda fase do Campeonato Carioca e somou apenas um ponto em cinco jogos. Ainda assim, gera preocupação no técnico Jorginho, que pediu atenção especial aos jogadores cruzmaltinos.

"O jogo mais difícil é sempre o próximo. A importância aumenta a cada partida e essa é fundamental. Estávamos vendo os confrontos do Madureira e é um time que tem marcação forte, pressão total. Precisamos de um placar positivo. Eles não vêm tendo bons resultados, mas são uma boa equipe. É um jogo fundamental, que temos que encarar como uma decisão", declarou nesta sexta-feira.

Para o confronto, o treinador está fazendo mistério e não quis revelar a escalação que vai a campo. Nesta sexta-feira, fechou o treino dos titulares para a imprensa, que pôde acompanhar somente a atividade dos reservas em campo reduzido. Uma das novidades para sábado pode ser o atacante Eder Luis, que se recuperou de lesão e deve ficar no banco como opção.

"O Eder treinou muito bem essa semana e pode ser relacionado sim. Ele é um jogador que deu uma resposta boa. Ficamos felizes, porque teve uma semana boa, participando normalmente. Foi muito boa a resposta dele", comentou Jorginho.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.