Jorginho prevê Fluminense 'mordido' contra o Vasco no clássico

Eliminado da Copa do Brasil na quarta-feira, nos pênaltis, diante do Palmeiras, o Fluminense quer fechar o ano em paz com a sua torcida. Sem chances de se classificar à Libertadores, o time tricolor quer aproveitar o clássico diante do Vasco, neste domingo, para se reerguer. Por isso, o técnico vascaíno Jorginho prevê um rival "mordido" no Engenhão.

Estadão Conteúdo

30 de outubro de 2015 | 20h41

"Eles vêm mordidos e ainda precisam de pontos, apesar de estar muito próximo do seu objetivo. Mas existe sempre a rivalidade muito grande. Eles fizeram um grande segundo tempo e têm um grande treinador, que é o Eduardo (Baptista). O pai dele (Nelsinho Baptista) é um grande treinador e um grande amigo. Espero um jogo extremamente difícil", comentou Jorginho.

O treinador já tem definido o time que vai pegar o Flu. O volante Bruno Gallo não participou do treino desta sexta-feira no Engenhão, assim como havia acontecido na véspera, mas de acordo com Jorginho o jogador foi apenas poupado.

"Treinamos com Diguinho e Serginho. São opções que temos, mas Bruno é apenas uma precaução. Prefiro abrir mão do treino para ter ele no jogo", explicou o treinador, que terá o retorno de Julio César na lateral esquerda. O time deverá ser escalado com: Martín Silva; Madson, Luan, Rodrigo, Julio César; Bruno Gallo, Julio dos Santos, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique e Leandrão.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.