Daniel Teixeira/Estadão
Daniel Teixeira/Estadão

Jorginho usa passagem pelo Flamengo para ajudar Ponte

Equipes de Campinas precisa começar a vencer para sonhar em escapar da Série B em 2014

AE, Agência Estado

13 de setembro de 2013 | 19h28

RIO - Foram pouco menos de três meses à frente do Flamengo, adversário deste domingo, pela 21ª rodada do Brasileirão. Ainda assim, o técnico Jorginho espera utilizar seu conhecimento sobre o time carioca para colocar um fim à série negativa da Ponte Preta.

Após perder para o São Paulo na quinta-feira, no Morumbi, a Ponte chegou à sétima derrota consecutiva no Brasileirão. Igualou a pior marca da história do clube na primeira divisão, que aconteceu em 2005 - naquela oportunidade, conseguiu escapar do rebaixamento.

Jorginho afirmou que, do atual elenco flamenguista, não trabalhou apenas com o zagueiro Chicão e o lateral-esquerdo André Santos, que chegaram depois. "Vou passar todas as informações para os nossos jogadores, pois precisamos o mais rápido possível vencer os nossos jogos", afirmou.

O próprio treinador tem um desafio particular nesta partida. Afinal, somando os jogos no comando do Flamengo e na Ponte, ele ainda não conseguiu uma vitória sequer neste Brasileirão. No time carioca, foram dois empates e duas derrotas. E em Campinas, perdeu os quatro jogos que realizou. A série negativa deixou a Ponte em situação bastante complicada. Afinal, o time ocupa a penúltima colocação, com apenas 15 pontos. São oito a menos que o Fluminense, o primeiro fora da zona de rebaixamento do campeonato.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoPonte Preta

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.