Jornais italianos questionam futuro de Ronaldo após lesão

Para parte da imprensa da Itália, brasileiro não conseguirá recuperar o futebol que o consagrou no mundo

Assimina Vlahou, BBC Brasil

14 de fevereiro de 2008 | 09h55

Vários jornais italianos nesta quinta-feira colocaram em dúvida o futuro de Ronaldo no Milan e no futebol, com a notícia de que o jogador ficaria pelo menos nove meses sem jogar depois de romper o tendão do joelho. Veja também:  Ronaldo chega a Paris para ser operado de lesão no joelho O drama de Ronaldo no Milan Ronaldo conseguirá superar mais uma contusão?O diário La Repubblica diz que o incidente pode representar "a ruptura com o Milan e talvez de uma carreira". O jornal diz que a lesão foi mais um episódio em uma relação "difícil desde o começo". "Gol, magias e muita dor: a parábola do Fenômeno", diz o título do artigo, que diz que os problemas, principalmente ligados à forma física do jogador, teriam piorado nos últimos meses e culminado com o incidente desta quarta-feira. O jornal lembra que o ex-técnico do Real Madri, Fabio Capello, teria aconselhado Silvio Berlusconi, presidente do Milan, a não comprar o passe do jogador brasileiro porque estaria em fase "decadente". Mas após os primeiros gols do craque com a camisa do Milan, nas partidas do campeonato italiano, tudo teria sido esquecido, diz o La Reppublica. "Mas o idílio acabou logo, coerente com uma carreira de altos e baixos", diz o jornal. Segundo o artigo, depois de 14 partidas e 7 gols, começaram os primeiros problemas, com dores musculares e nos joelhos, sinais que colocavam em dúvida a possibilidade dele voltar a ser o mesmo de antes. "Assim, depois de um verão de promessas, Ronaldo e o Milan começaram a de divorciar em casa", diz o jornal. O clube não teria evitado que circulassem notícias sobre "a paixão do jogador pela boa cozinha e por belas mulheres". Outro jornal, o Corriere della Sera, também diz que a contusão no joelho coloca sua "carreira em perigo". O principal diário esportivo da Itália, Gazzetta dello Sport também questiona se o atacante poderá voltar a jogar. Na manchete com grande foto de Ronaldo segurando o joelho machucado, a manchete traz o título "Ronaldo: Oh Nãããão!". O jornal contabiliza 8 incidentes na carreira do atacante, fora este último, e afirma que ele corre o risco de não poder jogar mais. "A carreira do fenômeno pode acabar", diz o jornal que também questiona se Ronaldo estava mesmo em condições de jogar na partida contra o Livorno. Em entrevista ao jornal, o técnico do Milan, Carlo Ancelotti, assegura que ele estava bem e que os problemas do jogador eram na outra perna. "Certeza que podia jogar, não somos loucos e no Milan não forçamos ninguém", afirmou o técnico.   BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
RonaldoAC MilanCampeonato Italiano

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.