Jornal diz que Adriano brigou em discoteca em Milão

Os casos de confusão envolvendo o atacante Adriano não param de surgir na Itália. Desta vez o brasileiro está sendo acusado pelo jornal local La Gazzetta dello Sport de ter se envolvido numa briga com o jogador de basquete norte-americano Rolando Howell na boate Hollywood, em Milão, na noite do último domingo.Ainda conforme o diário italiano, o atleta da Internazionale estava acompanhado de Ronaldo na boate, que é famosa pela presença constante de atletas. Depois de uma discussão, de acordo com testemunhas, Howell, pivô do clube Pallacanestro Varese, partiu para cima de Adriano. A confusão só não teria sido pior devido à intervenção de Ronaldo, que separou os brigões.Por causa da confusão, o ex-atacante do Flamengo ficou de fora da Partida contra a Pobreza, que aconteceu nesta segunda-feira, no Estádio Vélodrome, em Marselha. Segundo a imprensa italiana, Adriano nem viajou para França para participar do amistoso entre amigos de Ronaldo e Zidane. Já Howell declarou que "tudo não passou de um mal-entendido".Poucas horas antes da confusão, Adriano havia se destacado na vitória da Internazionale sobre o Ascoli por 2 a 1, fora de casa, pela 29.ª rodada do Campeonato Italiano. O brasileiro deu os passes para os dois gols dos líderes do Nacional, que foram anotados pelo sueco Ibrahimovic.Há cerca de um mês, o jornal La Gazzetta dello Sport também estampou que Adriano teria ficado de fora do primeiro jogo com o Valencia pela Liga dos Campeões - o time espanhol acabou eliminando os italianos - por ter participado de uma farra durante a comemoração de seus 25 anos. Em novembro de 2006, o tablóide sueco Aftonbladet estampou fotos audaciosas do jogador com algumas mulheres numa festa em sua casa. Ele também aparece com um cigarro na mão e aparentemente bêbado. Na época, ele estava há mais de 200 dias sem marcar gols pela Inter.Atualizada às 20h10

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.