Jornal inglês volta a por Felipão como favorito para cargo

O treinador Luiz Felipe Scolari é o "novo favorito" para o cargo de treinador da seleção inglesa, afirma o jornal britânico The Times em sua edição desta segunda-feira. De acordo com o periódico, a disputa para decidir quem será o próximo treinador da Inglaterra está apenas entre Luiz Felipe Scolari, que atualmente comanda a seleção de Portugal, e o inglês Steve McClaren, técnico do Middlesbrough.O diário afirma que o nome do sucessor do atual técnico, o sueco Sven-Göran Eriksson, pode ser anunciado ainda nesta semana. De acordo com o diário, integrantes da federação que anteriormente davam preferência a um técnico de nacionalidade britânica estão agora abertos à idéia de ter um estrangeiro como sucessor de Eriksson.Segundo o jornal Guardian, o favorito ainda é McClaren, mas suas chances diminuíram após o Middlesbrough ter sido batido pelo West Ham, no fim de semana, por 1 a 0, pela semifinal da Copa da Inglaterra. O tablóide Daily Mail repete a linha adotada pelo Times. De acordo com o diário, até pouco tempo, "Big Phil" - a versão em inglesa para Felipão - "não estava nem na lista final" de cotados para o cargo.Mas a sorte do brasileiro teria mudado com a entrada do vice-presidente do Arsenal, David Dein, no comitê que selecionará o futuro técnico. Segundo o diário, ele é um dos mais fortes defensores de Scolari dentro da federação inglesa. O Daily Express também enfatiza o lobby que estaria sendo exercido pelo vice-presidente do Arsenal, lembrando que também foi ele que auxiliou Eriksson a se tornar técnico da seleção inglesa.O jornal afirma ainda que, quando Scolari assumiu a seleção brasileira, o Brasil corria o risco de não se classificar para a Copa de 2002. "Com suas táticas motivacionais e sua habilidade como treinador, Scolari mudou isso e transformou um time que aparentava desleixo e falta de coordenação em uma equipe que superou a Inglaterra nas quartas de final mesmo com um jogador a menos", afirma o Daily Express.De acordo com outro tablóide, o Daily Mirror, "Scolari despontou como o favorito e sua candidatura cresceu nas últimas 48 horas". Segundo o jornal, "Scolari teve um desempenho forte em sua segunda entrevista e tem, de longe, o melhor currículo entre os candidatos". O diário acrescenta que algo que pode prejudicar a candidatura do brasileiro seria a reação entre os treinadores ingleses. O jornal cita um alto executivo da associação de treinadores da liga inglesa, John Barwell, que afirmou que buscar um técnico fora do país seria "um chute nos dentes para o futebol inglês".

Agencia Estado,

24 de abril de 2006 | 10h22

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.