Bartlomiej Zborowski/EFE
Bartlomiej Zborowski/EFE

Jornal: Real Madrid pode atravessar Bayern e contratar Lewandowski

Com a má fase de Benzema, atacante polonês chegaria ao clube espanhol em janeiro

O Estado de S. Paulo

10 de outubro de 2013 | 12h44

SÃO PAULO - Apesar de já ter dito à imprensa alemã que possui um acordo com o Bayern de Munique, o atacante Robert Lewandowski pode acertar com o Real Madrid em janeiro. De acordo com o jornal As, o jogador do Borussia Dortmund, que não é prioridade do técnico dos bávaros, Josep Guardiola, seria o camisa 9 que a equipe espanhola procura, devido a má fase de Karim Benzema.

Além de ser visto como a solução na frente, Lewandowski sairia barato. Com a recusa do jogador em renovar o seu contrato com o Borussia Dortmund, o preço do jogador (que possui vinculo com o time até junho de 2014) ficaria em torno de 12 milhões de euros. Como o Bayern de Munique é um rival direto pelo título do campeonato alemão, a diretoria dos aurinegros estariam mais propícios a vender o atacante para uma equipe estrangeira.

O nome do camisa 9 polonês já foi discutido na última janela de transferências, na capital da Espanha. Após ser o principal responsável pela eliminação do Real Madrid nas semifinais da Liga dos Campeões da Europa, Lewandowski revelou uma conversa com o presidente Florentino Pérez nos vestiários do estádio Santiago Bernabéu. Seu nome foi colocado de lado, com a prioridade do clube a se dedicar à contratação do meia Gareth Bale, deixando apenas Benzema e o jovem Álvaro Morata como opções no ataque.

O jornal também fala de outros jogadores especulados no Real Madrid a para a posição. Sergio Aguero, do Manchester City, é o preferido do presidente Florentino Perez, que já havia tentado o contratar em 2011, antes de o jogador trocar o Atletico de Madrid pela equipe inglesa. A outra opção comentada é Radamel Falcao García, que recém chegado ao Monaco, possui uma cláusula em seu contrato que dá preferência a uma possível venda para o clube merengue.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.